TAÇA DE PORTUGAL: Cova da Piedade obriga Sporting a recorrer à artilharia pesada

0
27
visualizações

O Cova da Piedade obrigou esta quarta-feira o Sporting a aplicar-se para vencer, por 1-2, e apurar-se para as meias-finais da Taça de Portugal. Os golos do encontro no Estádio do Bonfim, casa emprestada dos piedenses, surgiram todos na segunda parte. Bruno Fernandes e Bas Dost, jogadores que começaram a partida no banco de suplentes, foram os marcadores de serviço, enquanto Cleo, de grande penalidade, fez o tento da equipa da margem Sul.

No primeiro tempo, apesar do domínio territorial do Sporting, as melhores oportunidades para marcar pertenceram aos piedenses que acertaram por duas vezes nos ferros da baliza de Rui Patrício.

- Pub -

O Sporting assumiu o controlo do jogo desde o apito inicial. Frente a um adversário que jogou com um bloco muito recuado, os ‘leões’ criaram a primeira ocasião de golo aos nove minutos através de um remate de Doumbia que saiu sobre a trave da baliza de Joyce. Os comandados de Bruno Ribeiro responderam com uma oportunidade flagrante junto da baliza de Rui Patrício, aos 11 minutos. O guarda-redes viu o remate colocado de Robson, à entrada da área, acertar no poste esquerdo da sua baliza.

Antes do intervalo, o conjunto do concelho de Almada, que dispôs das melhores ocasiões para desfazer o nulo na primeira parte, voltou a ficar muito perto do golo. Aos 40 minutos, depois de um contra-ataque rápido pela direita, Hugo Firmino rematou forte e colocado, levando a bola à trave da baliza dos ‘leões’.

Com o objectivo de dar à equipa mais dinâmica e ‘poder de folgo’ na frente de ataque, Jorge Jesus lançou os habituais titulares Bruno Fernandes e Bas Dost para a segunda parte, saindo Bruno César e Bryan Ruiz. As alterações surtiram efeito, uma vez que Bruno Fernandes, já depois de Doumbia ter deixado um primeiro aviso aos 51 minutos, inaugurou o marcador para o conjunto leonino, aos 54. O médio entrou na área pidense e fez um ‘chapéu’, levando a bola a embater em Evandro antes entrar na baliza de Joyce.

A perder por 1-0, o Cova da Piedade respondeu pouco depois, conseguindo repor a igualdade, aos 58 minutos, por intermédio de Cleo. De grande penalidade, cometida por André Pinto, o jogador bateu Rui Patrício, fazendo o 1-1. O Sporting voltou à carga passando a partir do empate a dominar por completo o encontro. Aos 64 e 72 minutos, o guarda-redes Joyce impediu que Doumbia e André Pinto, respetivamente, colocassem de novo os ‘leões’ na frente do marcador.

Depois dos avisos, o Sporting fez o 2-1, mais uma vez através de um jogador que Jorge Jesus lançou após o intervalo: Bas Dost. O holandês, que só teve de encostar o pé direito, deu a melhor sequência a um desvio de Battaglia, após canto de Acuña na esquerda. Com a equipa da Cova da Piedade fisicamente esgotada, o Sporting controlou até ao final um jogo em que teve de se aplicar para levar de vencida um adversário que deu excelente réplica ao conjunto da I Liga, que fica agora à espera do vencedor do jogo desta quinta-feira entre o Moreirense e o FC Porto.

- Pub -

Deixe uma resposta