SETÚBAL Jovem que morreu atropelado era cadete da marinha mercante

0
48
visualizações

Jovem de 24 anos, brasileiro ou da Nicarágua, tinha saído do navio onde era tripulante. Condutor que o atropelou, na Mitrena, colocou-se em fuga. PJ está a investigar

- Pub -

 

O jovem, de 24 anos, que morreu na madrugada de sábado após ter sido atropelado por um veículo ligeiro na Mitrena, Setúbal, era cadete de um navio mercante que fez escala no rio Sado, apurou o DIÁRIO DA REGIÃO.

O atropelamento mortal ocorreu na Estrada Nacional 10-4, que dá acesso à Península da Mitrena, e o alerta às autoridades foi dado às 4h45 por um outro condutor, precisou o comandante dos Bombeiros Sapadores de Setúbal, Paulo Lamego.

Contactado pela Lusa, o Comando de Setúbal da PSP, através de fonte oficial, informou que já participou o atropelamento ao Ministério Público e escusou-se a prestar mais informações sobre o caso.

O DIÁRIO DA REGIÃO apurou entretanto que o caso está a ser investigado pela Policia Judiciária (PJ) por tratar-se de um atropelamento com fuga. O condutor do veículo ligeiro que atropelou o jovem abandonou o local sem prestar auxílio à vítima.

O jovem atropelado era tripulante de um navio da marinha mercante que está ancorado em Setúbal. O cadete é de nacionalidade estrangeira, brasileira ou da Nicarágua.

O corpo encontra-se no hospital de Setúbal para autópsia.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, as operações de socorro envolveram elementos e meios dos bombeiros voluntários e sapadores e da PSP e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Setúbal.

- Pub -

Queremos saber a sua opinião.