Setubalense recupera o famoso licor de laranja de Setúbal

Setubalense recupera o famoso licor de laranja de Setúbal
LICOR DE LARANJA. André Lopes, 32 anos, é o rosto por detrás deste projecto que recupera o licor de laranja de Setúbal
Local B Regional C Sociedade Sociedade B

O Licor de Laranja de Setúbal, iniciativa de um setubalense que decidiu recuperar um dos produtos típicos da região feito com as laranjas da cidade, vai ser apresentado na Casa da Baía, na próxima quinta-feira, dia 7, às 19h00

 

 

O Licor de Laranja de Setúbal, iniciativa de um setubalense que decidiu recuperar um dos produtos típicos da região feito com as laranjas da cidade, vai ser apresentado na Casa da Baía, na próxima quinta-feira, dia 7, às 19h00, com um momento de degustação e uma revisitação da história dos laranjais de Setúbal.

Este licor, muito apreciado entre os séculos XVIII e XX, tinha como matéria-prima as laranjas de Setúbal, que a partir do século XVI foram sendo produzidas nos pomares à volta da cidade e exportadas para vários mercados internacionais. O sabor e a textura suculenta das laranjas inspiraram mais tarde a criação de vários doces, como o doce de laranja e o licor de laranja.

É esta tradição que André Lopes, setubalense de 32 anos licenciado em História, quer recuperar depois de ter feito uma pesquisa sobre a história da cidade e algumas das suas bebidas. A produção, feita por uma empresa de bebidas espirituosas de Silves, no Algarve, utilizou laranjas apanhadas numa quinta em Algeruz, mas o promotor da nova marca não descarta a hipótese de transferir a produção para Setúbal “se o negócio correr bem”. Para já, o limite anual são 10 mil garrafas.

O novo Licor de Laranja de Setúbal pode ser provado num copo simples ou em copo de chocolate, no stand da marca instalado no Mercado de Natal, na Praça de Bocage, todos os dias 10h00 às 19h00, até do dia 24 de Dezembro. «As pessoas mais velhas ainda se recordam do licor de laranja e do antigo rótulo, que chama muito a atenção com a Praça de Bocage representada e que nós também actualizámos», conta o autor da marca.

A apresentação deste novo produto setubalense terá lugar na Casa da Baía, quinta-feira, 7, às 19h00, onde estará também à venda, assim como na loja Coisas de Setúbal, nos Paços do Concelho, e na Mercearia Confiança do Troino, no Largo da Fonte Nova.

Setúbal chegou a estar rodeada de laranjais, que no século XVI já eram um motor de exportações para vários mercados. Contudo, o melhoramento da produção à escala internacional e a falta de capacidade dos produtores locais para acompanharem essa evolução acabaram por levar a um declínio da produção de laranja e ao inevitável abandono dos pomares, agravado pela crescente urbanização das áreas agrícolas.

 

Percorra a fotogaleria para ver mais imagens do Licor de Laranja de Setúbal. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotografias: Diário da Região

Deixe uma resposta