ALMADA | Idoso de 72 anos detido quando tentava atirar a mulher pela janela do 5.º andar

Local B Últimas

Estava a tentar atirar a companheira pela janela da residência, um 5.º andar, quando os vizinhos forçaram a entrada na habitação e conseguiram evitar que o consumasse até à chegada de uma patrulha da Polícia de Segurança Pública (PSP). A situação ocorreu ontem, 26, pouco antes das 8h30 da manhã, em Almada, e o homem de 72 anos acabou por ser detido pela PSP por violência doméstica. A vítima, a mulher, teve de receber tratamento hospitalar por apresentar ferimentos, anunciou a PSP.

“Em Almada, pelas 08h30, foi detido um indivíduo do sexo masculino, com 72 anos de idade, pelo crime de violência doméstica. Após notícia de que um individuo estaria a tentar atirar a sua companheira pela janela da sua residência, uma patrulha da PSP deslocou-se prontamente ao local. Os agentes entraram na habitação, manietando e detendo o suspeito que se encontrava a ser submetido a tentativa de imobilização por parte de vizinhos, que se deslocaram em auxílio da vítima, forçando a entrada na residência”, revela a PSP em comunicado.

Segundo a mesma força de autoridade, a vítima “apresentava alguns ferimentos, pelo que necessitou de assistência hospitalar”.

O suspeito acabou detido e recolheu aos quartos de detenção até ser presente em Tribunal.

3 comments

  1. Começa a estar na moda o lançamento de pessoas pelas janelas e varandas, substituindo as modalidades do lançamento do dardo e do martelo. Num país onde o desporto está na linha da frente é natural este avanço, que, como começa a ser normal, desrespeita as pessoas.

    1. Não sei se tem noção da imbecilidade do seu comentário, mas não tem piada nenhuma fazer piada com estas situações.

      1. Como ser infeliz e estúpido que sou, não tenho a capacidade de perceber a profundidade do comentário que fiz. O que posso fazer é felicitá-lo por ter essa capacidade. Cada um é para o que nasce e nós tivemos o nosso destino, um o de ser estúpido e o outro de ser super-inteligente.

Deixe uma resposta