MONTIJO | Filhos lançam apelo por mãe desaparecida há três dias

Local Últimas C

Isabel Justino, residente no Montijo, completa hoje 46 anos e está desaparecida desde a passada quinta-feira, 23, quando saiu de casa pelas 7h30 da manhã para apanhar o autocarro da empresa Florisul, onde trabalha. Foi avistada pela última vez por volta das 8h30, na estação dos TST, no Montijo, a entrar para um autocarro com destino a Setúbal.

Os filhos, Jorge e Rita Justino, bem como a sobrinha, Marta Santos, têm vindo a multiplicar apelos na rede social do Facebook desde a noite de quinta-feira, quando estranharam o facto de Isabel Justino ter o telemóvel desligado e de não ter regressado a casa. Isabel nunca chegou a ir trabalhar nesse dia, confirmaram os familiares junto da empresa.

“Com as publicações no Facebook a única informação minimamente segura que recebemos foi a de uma senhora que a conhece bastante bem, da paróquia do Montijo, que diz que a viu entrar no autocarro para Setúbal às 08h30”, disse a família ao DIÁRIO DA REGIÃO, acrescentando: “Ela frequenta a Igreja do Montijo activamente, fazendo parte da comunidade das peregrinações a Fátima.”

Angustiado, o filho voltou hoje a partilhar mais um apelo no Facebook: “A minha mãe continua desaparecida e estamos num vazio de informação. Apenas sabemos que foi vista na estação da TST no Montijo a apanhar um autocarro com direcção a Setúbal, no dia 23 pelas 8h30. Não sabemos o destino final nem temos notícias de que mais alguém a tenha visto.”

Os familiares deixam um apelo a todos os que possam ter avistado Isabel Justino para que entrem em contacto através do 91 657 95 48 (Jorge Justino) ou do 91 298 61 05 (Rita Justino).

“Alguma informação, por favor entrem em contacto. Hoje é o dia do teu aniversário. Por favor, diz algo mãe”, escreveu o filho no Facebook.

Deixe uma resposta