Novo modelo T-Roc é o carro mais produzido pela Autoeuropa

0
45
visualizações

Fábrica de Palmela anuncia recorde de produção com mais de 800 unidades conseguidas por dia. Empresa revela marco histórico, que “simboliza a nova fase de desenvolvimento”. Novo modelo apontado como pilar de sustentabilidade da marca

A Autoeuropa vai atingir esta semana um registo de produção de veículos automóveis sem paralelo desde que se implantou em Palmela.

- Pub -

“Esta semana, pela primeira vez na história da Volkswagen Autoeuropa, serão produzidas mais de 800 unidades por dia, um marco que simboliza a nova fase de desenvolvimento da empresa”, anunciou esta terça-feira a empresa em comunicado.

Na base deste aumento de produção, explica a empresa, está o novo modelo T-Roc, que desta forma “assume-se como o pilar da sustentabilidade da Volkswagen Autoeuropa”.

Este crescimento, adianta a empresa da marca alemã, “representa também a mudança do produto de referência da unidade de Palmela, que deixará de ser conhecida como a ‘fábrica dos MPV’s’ para passar a ser identificada como a ‘fábrica dos SUV’s’, segmento em franca expansão em todos os mercados”.

No mesmo comunicado, a Autoeuropa explica que, para suportar o reforço da actividade da empresa, “arrancou no final de Outubro o terceiro turno de produção” e salienta ainda que “desde Janeiro de 2017 já foram contratados cerca de dois mil novos colaboradores”, para assegurar esta fase de crescimento da empresa.

Pré-acordo assinado com trabalhadores

Esta segunda-feira, recorde-se, a Comissão de Trabalhadores e a administração da Autoeuropa chegaram a um pré-acordo sobre os horários de trabalho, que deverá ser sufragado pelos trabalhadores durante a próxima semana.

Segundo Fernando Gonçalves, coordenador da Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa, o acordo prevê a implementação de dois tipos de horários distintos: um que irá vigorar de Fevereiro a Julho do próximo ano e outro que já inclui a laboração contínua da fábrica de automóveis de Palmela depois do habitual período de férias dos trabalhadores (em Agosto).

O representante dos trabalhadores explicou à Lusa que os funcionários vão rodar pelos três turnos (manhã, tarde e noite) semanalmente, em vez de permanecerem várias semanas em cada um destes turnos, conforme pretendia inicialmente a administração da Autoeuropa.

Fernando Gonçalves disse ainda que o acordo assinado com a Autoeuropa foi subscrito pelos 11 elementos das diferentes listas que concorreram ao último acto eleitoral e que têm representantes na actual Comissão de Trabalhadores.

- Pub -

Queremos saber a sua opinião.