Novo modelo T-Roc é o carro mais produzido pela Autoeuropa

Local Últimas

Fábrica de Palmela anuncia recorde de produção com mais de 800 unidades conseguidas por dia. Empresa revela marco histórico, que “simboliza a nova fase de desenvolvimento”. Novo modelo apontado como pilar de sustentabilidade da marca

A Autoeuropa vai atingir esta semana um registo de produção de veículos automóveis sem paralelo desde que se implantou em Palmela.

“Esta semana, pela primeira vez na história da Volkswagen Autoeuropa, serão produzidas mais de 800 unidades por dia, um marco que simboliza a nova fase de desenvolvimento da empresa”, anunciou esta terça-feira a empresa em comunicado.

Na base deste aumento de produção, explica a empresa, está o novo modelo T-Roc, que desta forma “assume-se como o pilar da sustentabilidade da Volkswagen Autoeuropa”.

Este crescimento, adianta a empresa da marca alemã, “representa também a mudança do produto de referência da unidade de Palmela, que deixará de ser conhecida como a ‘fábrica dos MPV’s’ para passar a ser identificada como a ‘fábrica dos SUV’s’, segmento em franca expansão em todos os mercados”.

No mesmo comunicado, a Autoeuropa explica que, para suportar o reforço da actividade da empresa, “arrancou no final de Outubro o terceiro turno de produção” e salienta ainda que “desde Janeiro de 2017 já foram contratados cerca de dois mil novos colaboradores”, para assegurar esta fase de crescimento da empresa.

Pré-acordo assinado com trabalhadores

Esta segunda-feira, recorde-se, a Comissão de Trabalhadores e a administração da Autoeuropa chegaram a um pré-acordo sobre os horários de trabalho, que deverá ser sufragado pelos trabalhadores durante a próxima semana.

Segundo Fernando Gonçalves, coordenador da Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa, o acordo prevê a implementação de dois tipos de horários distintos: um que irá vigorar de Fevereiro a Julho do próximo ano e outro que já inclui a laboração contínua da fábrica de automóveis de Palmela depois do habitual período de férias dos trabalhadores (em Agosto).

O representante dos trabalhadores explicou à Lusa que os funcionários vão rodar pelos três turnos (manhã, tarde e noite) semanalmente, em vez de permanecerem várias semanas em cada um destes turnos, conforme pretendia inicialmente a administração da Autoeuropa.

Fernando Gonçalves disse ainda que o acordo assinado com a Autoeuropa foi subscrito pelos 11 elementos das diferentes listas que concorreram ao último acto eleitoral e que têm representantes na actual Comissão de Trabalhadores.

Deixe uma resposta