Setúbal vai ter uma árvore de Natal gigante na Baixa [FOTOS]

ÁRVORE DE NATAL. Estrutura de grandes dimensões será a primeira do género a ser instalada na Baixa durante o Natal.
Local C Sociedade C

Uma árvore de Natal com 24 mil lâmpadas LED brancas e quase 200 metros de néon azul promete dar luz e cor à Baixa este ano, por iniciativa de um empresário que tem feito largos investimentos na cidade

 

Uma árvore de Natal com 23,080 metros de altura, decorada com 24 mil lâmpadas LED e quase 200 metros de néon azul, vai ser ligada na placa central da Avenida Luísa Todi, em frente ao edifício do arco da Ribeira Velha, na sexta-feira, dia 17, às 18h00, pelo empresário Constantino Modesto, que tomou a iniciativa de a instalar. Esta será a primeira estrutura do género a embelezar a principal artéria da cidade numa época natalícia, e promete atrair centenas ou milhares de pessoas ao local.

A estrutura cónica, que foi montada durante a semana passada e deverá estar concluída na quarta-feira, representa aquilo que o seu promotor, Constantino Modesto, classifica como a “realização de um projecto pessoal”. A ideia surgiu em 2008, tomando como exemplo a árvore de Natal que esteve montada no topo do Parque Eduardo VII, em Lisboa, mas só este ano teve condições para se concretizar.

Constantino Modesto contou ao DIÁRIO DA REGIÃO ter recebido da câmara municipal “boa receptividade” face à proposta e todo o apoio técnico necessário à instalação da estrutura. E admitiu que nos próximos anos “a ideia é não terminar por aqui”, uma vez que a estrutura, que foi desenhada à medida, pode vir a ser aumentada na base, criando possíveis árvores de Natal ainda mais altas.

A árvore de Natal tem uma base em deck, terá dois bancos de madeira no interior e duas entradas por onde as pessoas poderão circular, para admirar uma exposição de fotografias colocada em biombos de vidro. As fotografias são resultado de um concurso sobre o tema “Baixa Setubalense é Vida”, que foi dinamizado entre 29 de Outubro e 12 de novembro pelo centro de cópias e impressões SouthSpirit que funciona no prédio do arco da Ribeira Velha, em frente.

Esse foi um dos cinco imóveis que o empresário de 61 anos, gestor do grupo SKEP, S.A. com várias empresas, já comprou um pouco por todo o centro histórico de Setúbal, com o objetivo de os recuperar e colocar no mercado de arrendamento, sobretudo para habitação. Constantino Modesto diz que “está na altura de as pessoas começarem a lutar pela cidade”, tendo em conta “o potencial turístico da região”.

 

Percorra a fotogaleria abaixo para ver mais fotografias da montagem da árvore de Natal:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotografia: DR

Deixe uma resposta