Treinador do Paio Pires faleceu devido a acidente na A2

Desporto C Últimas B

Francisco Troncão não resistiu aos ferimentos

Francisco Troncão, de 44 anos, vítima de um acidente grave sofrido na manhã de 4.ª-feira, na A2, faleceu. O treinador da equipa do concelho do Seixal ainda foi transportado para o Hospital Garcia da Horta, em Almada, mas acabou por não resistir aos ferimentos causados.

E assim, desta forma trágica, terminou não só a sua vida, como uma carreira de treinador no clube onde começou na temporada de 2004/2005, passando posteriormente por Almada AC, Arrentela, SL Benfica, como colaborador junto da SAD, fazendo depois o percurso inverso, com regresso à Arrentela (mais duas vezes), Paio Pires e com passagem, também, pelo Amora F. Clube. Cumpria a sua segunda época no Paio Pires onde era treinador da equipa principal e coordenador de todo o futebol.

Ao fecho da nossa edição, ainda não são conhecidos pormenores relacionados com o funeral de Francisco Troncão.

O Diário da Região endereça sentidos pêsames à família do malogrado técnico, bem como ao staff que o acompanhava dia a dia nas suas tarefas no Paio Pires F. Clube.

Ângelo Gomes

Deixe uma resposta