GRÂNDOLA | Câmara consegue reabrir abrigo para passageiros no terminal rodoviário

Local Últimas C

A Câmara Municipal de Grândola anunciou ontem que conseguiu assegurar a reabertura do abrigo de passageiros do terminal rodoviário, que se encontra encerrado desde 18 de Setembro.

“A reabertura do espaço vai permitir à população esperar pelo transporte com mais conforto e em segurança”, afirma a autarquia em nota de Imprensa enviada ao DIÁRIO DA REGIÃO, lembrando que se opõe “firmemente” ao fecho do terminal rodoviário e que “continuará ao lado das juntas de freguesia, das comissões de utentes e da população a lutar” pela reabertura.

“A reabertura do abrigo de passageiros foi acordada entre o município e a administração da Rodoviária do Alentejo, contudo as obras e a abertura diária da sala ficarão exclusivamente a cargo da Câmara de Grândola. Os restantes serviços do terminal mantêm-se encerrados, por decisão da empresa, que tem sido contestada pela Câmara Municipal, pelas juntas de freguesia e pelas comissões de utentes por prejudicar a população”, pode ler-se no comunicado da autarquia.

A edilidade recorda ainda que “a administração da Rodoviária do Alentejo, que pertence ao Grupo Barraqueiro, pretendia encerrar o terminal, desde 2015, alegando dificuldades financeiras, falta de pessoal e más condições de trabalho”. Para evitar o encerramento, a Câmara Municipal lembra que reuniu “diversas vezes com a empresa nos últimos dois anos”, disponibilizando-se para “suportar os custos das obras de reabilitação do edifício”.

Em Setembro último, a Rodoviária do Alentejo encerrou o terminal de Grândola “sem avisar a autarquia” nem a população. “Na altura, a empresa justificou o encerramento com o argumento de que o mesmo seria temporário, devido a férias de um funcionário. Contudo admitiu posteriormente, em reunião com o executivo camarário, a intenção de encerrar definitivamente o terminal”, salienta o município a concluir.

Deixe uma resposta