Polícia Marítima ‘salva’ paquistanês a bordo de navio ao largo de Sesimbra

Local B Últimas C

Um homem de 38 anos, paquistanês, foi resgatado por uma equipa da Polícia Marítima, na passada segunda-feira, após ter sofrido um acidente a bordo do navio Sonangol Girassol, que navegava a poucas milhas do Porto de Sesimbra. A Polícia Marítima de Setúbal foi alertada às 10h40 pelo agente de navegação do navio, que informou as autoridades que o tripulante “havia embatido com a cabeça, na sequência de uma queda a bordo, necessitando assistência médica”.

“De imediato o Comando-local da Polícia Marítima contactou o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa). Após a avaliação clínica do INEM – Centro Orientação Doentes Urgentes Mar, a evacuação foi considerada como urgente através do método mas rápido. O Capitão de Porto e Comandante-local da Polícia Marítima activou de imediato a saída da embarcação SR29 da Estação Salva-vidas de Sesimbra, que navegou em direcção ao navio Sonangol Girassol, a navegar a 7,5 milhas náuticas do Porto de Sesimbra”, explica a Autoridade Marítima Nacional em comunicado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O resgate da vítima “foi efectuado pela tripulação da Estação Salva-vidas de Sesimbra, tendo o ferido desembarcado no Porto de Sesimbra pelas 12h50”. O doente “foi estabilizado no local e seguiu para o Hospital S. Bernardo em Setúbal cerca das 13h15”.

Por se tratar de um cidadão estrangeiro, a Polícia Marítima informou o SEF e a Embaixada Paquistanesa. O navio navega com pavilhão das Bahamas, tem 273 metros de comprimento e tem previsão de atracar em Setúbal durante o dia de hoje.

Deixe uma resposta