Peregrinação diocesana junta centenas no Santuário de Fátima

Local Regional C Sociedade B

José Ornelas recordou o bispo D. Manuel Martins como “dom de Deus” e apelou às famílias diocesanas para serem “igrejas missionárias”

 

A Diocese de Setúbal esteve este sábado, 28, em peregrinação ao Santuário de Fátima. Na homilia da Eucaristia a que presidiu na Basílica da Santíssima Trindade, D. José Ornelas, bispo de Setúbal afirmou que o grande desafio para a família diocesana da cidade é “ser Igreja missionária”.

“Nós, em Setúbal, temos que ser, somos chamados a ser uma Igreja em missão. Cada família tem de ser missionária, cada paróquia tem de ser missionária, cada comunidade religiosa, cada movimento… A nossa Diocese no seu conjunto tem de ser uma Diocese em missão. A isso nos chama o Senhor, a isso nos leva o exemplo da sua Mãe, que Ele deu como Mãe e exemplo aos seus discípulos”, disse.

Subordinada ao tema “Família de famílias, a caminho com Maria”, a peregrinação diocesana a Fátima começou com a oração do terço na Capelinha das Aparições, presidida por D. José Ornelas. A recitação de alguns dos mistérios foi feita por um casal do Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar, Bruno e Janete Moreira, acompanhados por uma das suas filhas.

Ainda no período da manhã teve lugar a Eucaristia na Basílica da Santíssima Trindade. D. José Ornelas destacou na sua homilia o facto de a diocese ter ido, “como família, peregrinar aos pés de Maria, Mãe carinhosa das famílias, modelo de Igreja acolhedora e que acompanha a Igreja enviada em missão”.

A pouco mais de um mês após a morte de D. Manuel Martins, primeiro bispo de Setúbal, o actual pastor da Igreja de Setúbal lembrou-o como “dom de Deus ao serviço da família de Deus em Setúbal, e um coração aberto para todos aqueles que não tendo ainda sido tocados pela palavra de Deus, se encontraram através dele com a presença de Deus neste mundo”.

A tarde da peregrinação foi dedicada ao painel “Fátima e Família” com a presença de um grupo de oradores convidados a testemunhar a sua relação com Fátima na família, tendo sido animado pelo Coro Juvenil da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição (Setúbal).

O dia terminou com a oração de vésperas presidida por D. José Ornelas e cantadas pelo Coro Diocesano de Setúbal, que também tinha animado a Eucaristia.

Deixe uma resposta