Navigator abre concurso de literatura de viagem

Empresas Empresas C Sociedade B

Participantes da 3ª edição do “Volta ao Mundo em 80 Páginas” são desafiados a transformar as aventuras de viagem numa história. 10 mil euros em vouchers de viagens, uma câmara digital e possibilidade de publicação da história num livro de viagens são os prémios em jogo

 

A Navigator, que tem instalada em Setúbal, na Mitrena, a maior máquina de papel do mundo, continua a alimentar os sonhos dos amantes de viagens nas várias latitudes do globo, com o lançamento da terceira edição do “Around the World in 80 Pages – Global Writing Contest”.

Pela terceira vez, a marca de papel de escritório premium mais vendida em todo o mundo, desafia o viajante que há em cada um de nós a transformar as suas aventuras de viagem numa história apaixonante e a ganhar a próxima viagem. Razões não faltam para participar: há 10 mil euros em vouchers de viagem para oferecer, assim como uma câmara digital Nikon D5500 para o autor da melhor foto.

Para além disso, os autores das 80 melhores histórias verão as suas criações e memórias publicadas num livro de viagens. O prazo limite para participar é o dia 31 de Dezembro de 2017. Para se inscreverem, os participantes devem registar-se no site  e carregar o texto – em inglês e com 2500 caracteres no máximo –, assim como até três fotos que ilustrem a história. Posteriormente, um júri composto por representantes Navigator e bloggers de viagem internacionais irá eleger os vencedores, de entre uma lista de 80 histórias pré-selecionadas anteriormente. Os vencedores serão revelados no início de Março de 2018.

Desde que foi lançado há dois anos, o concurso “Navigator Around the World in 80 Pages” já envolveu mais de 1800 pessoas de cinco continentes e reuniu histórias de viagem vividas um pouco por todo o mundo – 1350 histórias só na segunda edição, provenientes de mais de 65 países. “Viajar é também uma forma de crescer como pessoa. E, mais uma vez, a marca Navigator assume aqui o papel do catalisador, que reúne todas estas aprendizagens, promovendo a troca de experiências”, afirmou Ricardo Ferreira, gestor de marca global da Navigator.

Ana Torres, de Portugal, e Hannah Logan, do Canadá, foram as grandes vencedoras da primeira e segunda edições do concurso. Conquistar o primeiro lugar permitiu a Hannah Logan explorar a zona oeste do Canadá quando se comemoram os 150 anos do país. Mas a viagem mais empolgante que planeou com o seu voucher foi a do Egipto: “O Egipto foi uma viagem de sonho para mim e para o meu irmão e o voucher tornou-a possível para ambos”. Hannah Logan é uma daquelas pessoas para quem não há viagem sem caneta e papel: “Há um sentimento de realização quando pomos as nossas aventuras no papel – e num livro que fica disponível na prateleira – para voltar a ler e recordar anos mais tarde”, explicou

Deixe uma resposta