Navio da Soflusa “Cesário Verde” diminui caos na zona de embarque do Barreiro

Local C Últimas B

O reforço da ligação fluvial entre o Barreiro e Lisboa, através da embarcação “Cesário Verde”, permitiu “minimizar o impacto da diminuição do número de carreiras” junto dos passageiros, disse hoje a Soflusa em comunicado.

“Os compassos de espera não se fizeram sentir, permitindo que os passageiros circulassem com normalidade no Terminal Fluvial do Barreiro, não tendo ocorrido quaisquer incidentes”, adianta a empresa.

Apesar de ainda não ter sido possível à Soflusa cumprir os horários oficiais, a empresa refere que durante a hora de ponta da manhã, entre as 06h00 e as 9h30, de hoje, foram realizadas mais três carreiras do que ontem.

A Soflusa, responsável pela ligação entre o Barreiro e Lisboa, garante que “continua a desenvolver todos os esforços possíveis para repor a operacionalidade da frota e a normalidade da ligação fluvial”.

Na Sexta-feira passada, a empresa fez saber que não iria conseguir assegurar esta semana todas as carreiras entre o Barreiro e a capital, por “indisponibilidade da frota”. Facto que se tem vindo a verificar desde Segunda-feira e que tem originado vários incidentes nos cais de embarque.

Deixe uma resposta