Out.Fest traz a partir de hoje músicos de “qualidade” e “prestígio” ao Barreiro

Local C Últimas B

O Out.Fest, Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, que decorre entre hoje e o próximo Sábado, vai trazer muitos músicos de “qualidade” e “prestígio”, algo que, segundo explicou a organização ao DIÁRIO DA REGIÃO, faz com que se olhe para o concelho como “uma cidade de possibilidades”.

“O Out.Fest acolhe artistas de enorme qualidade e prestígio, traz uma exposição nacional e internacional que são raras na cidade, potencia o turismo ou a visitação, a criatividade e faz com que de fora e de dentro se olhe para o Barreiro como uma cidade de muitas possibilidades”, disse ao DIÁRIO DA REGIÃO Rui Pedro Dâmaso, da direcção da Associação Cultural Ou.tra, que organiza o festival.

O Out.Fest que “nasceu e cresceu” no Barreiro e “não poderia nunca ser o mesmo numa cidade diferente” vai trazer a música a locais emblemáticos do concelho, com este ano a apresentar uma novidade.

“Vamos realizar pela primeira vez um espectáculo na Igreja de Santa Maria, que será já o 30º espaço diferente na história do festival, e logo com uma colaboração entre o compositor Jonathan Saldanha e o Coral TAB (constituído por trabalhadores da autarquia) e que será o concerto de abertura desta edição”, revelou.

Na 14.ª edição do Festival Internacional de Música Exploratória vão actuar cerca de duas dezenas de artistas em vários locais do concelho, como o Museu Industrial da Baía do Tejo, o Auditório Municipal Augusto Cabrita e a Associação Desenvolvimento Artes e Ofícios.

Quanto ao cartaz deste ano, a organização acredita que “há nomes que pela sua história ou pela dimensão dos seus públicos específicos acabam por ter maior tempo de antena”.

“Este ano esse é o caso de bandas como os Pere Ubu ou os This Heat, ambas com carreiras iniciadas ainda na década de 1970 e extremamente influentes em variadíssimas correntes e subcorrentes da música contemporânea”, acrescentou Rui Pedro Dâmaso.

Do cartaz desta 14.ª edição fazem também parte nomes como os nova-iorquinos Black Dice e Charlesmagne Palestine, o músico português Sei Miguel, a russa Lolina ou o canadiano Alex Zhang Hungtai, conhecido pelo seu projecto Dirty Beaches.

O Out.Fest, produzido pelas associações culturais OUT.RA e Filho Único e com um orçamento de cerca de 50 mil euros, espera cerca de 2000 espectadores nas quatro noites do festival.

 

Programa:

4 Outubro (4ªf) – Igreja de Santa Maria

Jonathan Uliel Saldanha & Coro Be Voice + Trabalhadores da Autarquia do Barreiro

5 Outubro (5ªf) – Museu Industrial da Baía do Tejo

Caterina Barbieri

Charlemagne Palestine

Quarteto de Sei Miguel

6 Outubro (6ªf) – Auditório Municipal Augusto Cabrita

Pere Ubu (The Moon Unit)

Casa Futuro (Pedro Sousa, Johan Berthling & Gabriel Ferrandini)

Lolina (Inga Copeland)

7 Outubro (sáb) – ADAO

Bookworms

Nocturnal Emissions

This is not This Heat

Jejuno

Simon Crab

Colectivo Vandalismo

Gyur

Black Dice

DJ Nigga Fox

Putas Bêbadas

Alex Zhang Hungtai ​/​​ ​David Maranha​ / ​Gabriel Ferrandini

DJ Problemas​

Deixe uma resposta