Montepio Geral renova protocolo de condições especiais para as CERCI

Empresas Empresas C Sociedade B

Banco pretende contribuir para a melhoria nos cuidados a pessoas com deficiência

A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) e a Fenacerci reforçaram a sua parceria com a assinatura de um novo protocolo de colaboração, o que permite às 52 CERCI associadas terem condições especiais em serviços bancários. Em Lisboa, no dia 27 de Setembro, a cerimónia de assinatura contou com a presença de José Félix Morgado, presidente do Conselho de Administração Executivo da CEMG, João Lopes Raimundo, administrador da instituição bancária e responsável pela área de economia social, Julieta Sanches, presidente da direcção da Fenacerci e Rosa Maria Neto, tesoureira da direcção da Fenacerci.
O novo protocolo permite que a Fenacerci e as 52 CERCI associadas tenham condições especiais em produtos e serviços bancários, de gestão do dia-a-dia e gestão de recursos para dar continuidade aos seus projectos e dar resposta aos utentes. Os benefícios comerciais abrangidos por este protocolo estendem-se igualmente aos dirigentes, colaboradores efectivos e voluntários da Fenacerci e instituições associadas.
“Ao reforçar a sua parceria com a Fenacerci, a CEMG pretende contribuir para a melhoria dos serviços prestados em prol da defesa dos direitos das pessoas com deficiência intelectual e suas famílias. Desta forma, a instituição bancária prossegue os seus objectivos de proximidade com a economia Social e de reforço da marca neste sector”, refere a CEMG, em comunicado de imprensa.
A CEMG, a Fenacerci e algumas CERCI têm percorrido um caminho de cooperação, apoio e inclusão social de pessoas com deficiência. Entre outros projectos, o “Surf Peniche Aloha à Inclusão”, que promoveu a integração através do desporto, e a parceria com a Campanha Pirilampo Mágico. Neste acaso, a instituição bancária apoiou a realização de vídeos das CERCI e disponibilizou os pirilampos nos balcões da sua rede comercial.

Deixe uma resposta