Jerónimo de Sousa confiante na arruada da CDU pela Baixa da Banheira

Local C Últimas B

Jerónimo de Sousa, numa arruada autárquica da CDU, que juntou comunistas, ecologistas e independentes, na Baixa da Banheira, concelho da Moita, mostrou-se “confiante de que é possível alcançar o objectivo de manter e reforçar posições da CDU”.

Contudo, o secretário-geral do PCP alertou que a campanha deve ser sempre feita “com uma cautela muito grande” já que, uma “onda de simpatia” ou “bom ambiente” não são sinónimo de “resultado eleitoral”.

Jerónimo de Sousa sabe que “por meia dúzia de votos se ganha, por meia dúzia se perde” e, apesar de ser “evidente” que ter 35 autarquias é melhor do que as actuais 34, reconhece que nunca houve “eleições autárquicas em que não se ganhasse e perdesse câmaras”.

Acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal da Moita, Rui Garcia, o líder da CDU desvalorizou ainda as “escaramuçazitas”, “arrufos” e “bocarras” desta campanha eleitoral.

“É um exemplo concreto de que perderíamos o nosso e o vosso tempo para estarmos com atenção a essas escaramuçazitas, isso não é o fundamental. Cada qual sabe de si. Não vou perder tempo com esses arrufos, umas bocarras. Isso está um bocado deslocado daquilo que é o fundamental, o resultado das eleições para as autarquias”, disse.

Amanhã o secretário-geral do PCP vai participar numa arruada no Barreiro, com concentração junto à Câmara Municipal e Mercado 1º de Maio, entre das 10h30 e as 12h. A campanha eleitoral vai terminar com um jantar, entre as 19h30 e as 20h45, em Almada, na Escola António da Costa.

Deixe uma resposta