MONTIJO | Polícia Judiciária investiga remodelação do Mercado Municipal

Local Últimas

Fonte policial confirma investigação em curso. Pedro Vieira, autor da participação à Procuradoria-Geral da República, já terá sido ouvido em Setúbal pela PJ

A Câmara do Montijo está a ser alvo de investigação por parte da Polícia Judiciária, no âmbito das obras de remodelação realizadas no Mercado Municipal, apurou o DIÁRIO DA REGIÃO. Fonte policial confirmou ao DIÁRIO DA REGIÃO a existência da investigação, adiantando que a Judiciária tem estado a realizar “diligências” nesse sentido.

Em causa estarão “algumas disposições do projecto” de remodelação do Mercado Municipal do Montijo que “não terão sido cumpridas”, admitiu ao DIÁRIO DA REGIÃO uma outra fonte.

O DIÁRIO DA REGIÃO sabe que a investigação foi desencadeada já este ano, na sequência de uma queixa apresentada por Pedro Vieira, vereador eleito pelo PSD, na Procuradoria-Geral da República. De resto, o autarca social-democrata terá sido, inclusive, uma das primeiras pessoas convocadas para prestar declarações nas instalações da Polícia Judiciária, em Setúbal.

O DIÁRIO DA REGIÃO tentou ainda obter esclarecimentos junto do presidente da autarquia, Nuno Canta, mas o autarca escusou-se a adiantar quaisquer pormenores. Através de correio electrónico, o DIÁRIO DA REGIÃO questionou se o edil confirmava terem sido convocados funcionários dos serviços técnicos da autarquia pela Polícia Judiciária, para prestação de depoimentos, e se aquela polícia já havia solicitado alguma documentação ao município.

A resposta do autarca foi transmitida pela Chefe de Gabinete de Apoio à Presidência, Dora Canelas. “Em resposta ao mail infra e por incumbência do Sr. presidente da Câmara informo que, no seguimento da conversa telefónica mantida há momentos e desconhecendo-se a fonte da informação que revela deter, este assunto encontra-se em segredo de justiça e não será prestada qualquer outra informação.”

Nuno Canta escusou-se ainda a tecer qualquer comentário em relação à obra de remodelação do equipamento.

A empreitada, recorde-se, representou um investimento de cerca de 800 mil euros, a que acresceu IVA, comparticipado por fundos comunitários. A inauguração da obra de remodelação teve lugar a 25 de Abril de 2015, inserida no programa de comemorações com que a autarquia assinalou o 41.º aniversário da Revolução dos Cravos.

One comment

  1. ´so quero lamentar uma situação no portal da policia judiciaria, e espero que faça algo-
    uma senhora de Alcochete, me ligou porque tinha meu contacto antigo se casou com um senhor que trabalha na auto Europa, ele no sábado passado bateu muito a senhora ela encontra se de cama teve de ir receber tratamento hospitalar no montijo, ele a esta a ameaçar de morte e na rua avª Francisco de Assis, a senhora se chama Karla Couto, era bom que a policia judiciaria de montijo tenta se por um ponto final nisto, a GNR ja la foi ele abriu a porta e fechou novamente nao se identificou parece que estamos num pais do 3º mundo tentei ligar com o correio da manha ninguém disponível e uma vergonha
    Fernando Costa
    Povoa de Varzim

Deixe uma resposta