Setúbal celebra Dia de Bocage e da Cidade

Local Últimas B

Comemorações bocagianas decorrem amanhã, 15, e incluem cerimónias protocolares, homenagens, recitação de poemas, actividades para as crianças, peças de teatro, entre outras

 

Integrado nas Comemorações Bocagianas 2017, o programa do Dia de Bocage e da Cidade, composto por iniciativas de entrada livre, começa às 10h com o hastear da bandeira, nos Paços do Concelho. Seguem-se uma cerimónia de homenagem a Bocage, que inclui a deposição de flores na estátua do poeta, na Praça de Bocage, a declamação de poesia por actores do Teatro Animação de Setúbal (TAS) e uma actuação do coro da Associação de Socorros Mútuos Setubalense.

Uma sessão solene, às 11h00, nos Paços do Concelho, inclui uma homenagem aos trabalhadores aposentados da Câmara de Setúbal e dois apontamentos musicais com Mafalda Louro e o Externato Rumo ao Sucesso.

As comemorações do feriado municipal prosseguem da parte da tarde, às 14h30, com a inauguração da primeira e da segunda fases da obra de construção do passeio pedonal “O Despertar”, no Forte da Bela Vista. A intervenção resulta de uma proposta de beneficiação do espaço feita pelos moradores, no âmbito do programa municipal Nosso Bairro, Nossa Cidade, em curso desde 2012, com acções desenvolvidas na zona da Bela Vista, com o envolvimento da população local.

Às 15h começa a iniciativa Paços do Concelho de Portas Abertas, em que a população é convidada a fazer uma visita guiada por José Luís Catalão, coordenador do Serviço Municipal de Bibliotecas e Museus da autarquia. Também para as 15h está marcada a sessão de abertura da 9.ª edição da Feira Observanatura, que decorre de 15 a 17 de setembro, na Herdade da Mourisca, Faralhão, com a realização de actividades de observação de aves e de educação ambiental, palestras, workshops, fotografia e passeios de barco.

Meia hora depois, às 15h30, é inaugurado o novo parque lúdico do Casal das Figueiras e, às 16h30, é inaugurado o parque infantil da Praceta Virgílio Ferreira. Ambas as iniciativas são organizadas pela União das Freguesias de Setúbal com o apoio da autarquia.

O Salão Nobre dos Paços do Concelho recebe, a partir das 17h30, a apresentação do III Volume das Obras Completas de Bocage, conduzida por Daniel Pires e Miguel Real, evento co-organizado com a Imprensa Nacional – Casa da Moeda.

Às 21h00, as artes cénicas estarão em destaque na Casa Bocage, com o TAS a estrear a peça “A Noite dos Poetas”, uma história fantasiosa de um encontro virtual entre Olavo Bilac e Bocage, da autoria de João Natale Netto.

A partir das 22h00, há animação musical nas arcadas dos Paços do Concelho com uma actuação do Coral Luísa Todi, para, meia hora depois, as comemorações do 15 de Setembro terminarem com o concerto “Cantar Setúbal em Fado”, com actuações de Carla Lança, Joana Lança, Sara Margarida e Susana Martins.

 

Setúbal recebe digressão dos 25 anos da SIC

O dia é também marcado pela passagem por Setúbal da digressão, que assinala os 25 anos da SIC, com emissões em directo, actividades na Praça de Bocage e um espectáculo multimédia com projecção no Convento de Jesus. A Praça de Bocage está no epicentro das actividades dinamizadas no âmbito da iniciativa “SIC de Todos Nós”, que a estação televisiva está a levar às 18 capitais de distrito de Portugal Continental para assinalar um quarto de século de vida do canal.

A emissão em directo do “Primeiro Jornal”, com início às 13h00, no feriado municipal, a partir da principal praça de Setúbal, é um dos destaques da iniciativa que inclui emissões especiais, igualmente em directo, em programas como o “Queridas Manhãs” e o “Juntos à Tarde”.

Noutra actividade em destaque são partilhados com Setúbal momentos da história da SIC num espectáculo multimédia pelo atelier OCUBO, em formato de videomapping, projectado na fachada do monumento nacional Convento de Jesus em três sessões, nas noites de sexta-feira e sábado, com início às 21h30, 22h30 e 23h30. O espectáculo multimédia, com a duração de 18 minutos, leva o público numa viagem por programas de entretenimento, informação e ficção do canal de Carnaxide e relembra muitos dos rostos que, desde 1992, fizeram e continuam a fazer a história da primeira televisão privada em Portugal.

Deixe uma resposta