MONTIJO | Bombeiros salvam pai e filha de fogo em 1.º andar [VÍDEO]

Os bombeiros combateram as chamas por detrás do Pingo Doce cerca de uma hora antes do incêndio ocorrido no edifício
Local Últimas C

Estavam reféns no interior da habitação quando foram resgatados. Saíram ilesos.  Bombeira ficou ferida e teve de receber assistência no hospital do Barreiro

Pai e filha estavam em casa quando deflagrou um incêndio na cozinha. Tiveram de ser resgatados do 1.º andar do edifício onde habitam, na Rua Dr. Avelino Rocha Barbosa, pelos Bombeiros Voluntários do Montijo. “Estavam conscientes, mas já tinham sofrido uma boa dose de inalação de fumo”, disse ao DIÁRIO DA REGIÃO fonte dos bombeiros, que foram alertados para a ocorrência por volta das 22h51 desta segunda-feira.

A quantidade de fumo negro e espesso era sinal de que o sinistro tinha alastrado com violência no andar. O homem, com cerca de 60 anos e problemas de saúde, e a filha não puderam abandonar as instalações e só a pronta intervenção, de socorro, dos bombeiros impediu que a tragédia fosse maior. Acabariam por receber assistência na ambulância dos bombeiros e tiveram de ir pernoitar a casa de familiares, apurou o DIÁRIO DA REGIÃO.

O fogo provocou ferimentos num elemento da corporação dos Bombeiros do Montijo. “Uma bombeira teve de receber assistência hospitalar no Barreiro, depois de ter sido conduzida à unidade de saúde do Montijo”, confirmou a mesma fonte ao DIÁRIO DA REGIÃO, salientando ainda que mais duas pessoas receberam assistência no local. “Duas outras vítimas, que foram para o 3.º andar do edifício, sofreram também inalação de fumos. Receberam assistência na ambulância, no local, confirmando que se encontravam bem e sem necessidade de serem transportadas ao hospital”, acrescentou a fonte dos Voluntários do Montijo.

Na ocorrência estiveram envolvidos 11 elementos do corpo dos bombeiros do Montijo, apoiados por quatro viaturas.

Combate a incêndio junto ao Pingo Doce uma hora antes

Cerca de uma hora antes, os Bombeiros do Montijo já tinham estado envolvidos numa outra ocorrência. Por volta das 22h00, sete operacionais combateram as chamas que deflagraram numa zona de pasto, por detrás da superfície comercial Pingo Doce, na freguesia do Afonsoeiro (ver fotos). No local estiveram também elementos da PSP.

Deixe uma resposta