Festival de Teatro de Setúbal continua ainda até Domingo

Local Sociedade B

Festival internacional apresenta ultima de 24 peças no Domingo, a multipremiada versão de “Hamlet”, com encenação de Alfonso Zurro, com encenação de Alfonso Zurro, pelo Teatro Clássico de Sevilha

Vinte e quatro peças de teatro, nove das quais a concurso na secção “Mais Festa”, integram a programação da 19.ª edição do Festival Internacional de Teatro de Setúbal, que decorre ainda até Domingo (27) na cidade sadina.

O certame abriu no dia 18, às 18:00, com um apontamento musical, nos Claustros do Convento de Jesus, seguindo, às 21:30, para o Fórum Municipal Luísa Todi, que vai receber a peça “Voz dos Pássaros”, encenada por José Maria Dias, numa co-produção do Teatro Estúdio Fontenova com UMCOLETIVO.

Esta peça dá depois o mote para (Re)cantos à Voz dos Pássaros, a decorrer às 23:30, no Pátio do Dimas, na Casa da Cultura de Setúbal.

Na secção oficial, o programa contempla dez peças de teatro, seis produções de companhias portuguesas e quatro de companhias estrangeiras: duas espanholas, uma brasileira e uma italiana.

A rubrica “Mais Festa” a concurso inclui nove peças, duas das quais produções espanholas e uma de um coletivo inglês e espanhol, segundo o programa do festival. Já na rubrica “Mais Festa”, mas extra concurso, o certame disponibiliza cinco peças.

Segundo o Teatro Estúdio Fontenova, organizador do festival, candidataram-se à secção “Mais Festa” 98 peças, de países como “Timor, Chile, Espanha, Colômbia, Brasil, Irão, entre outros”, numa categoria que se tem mostrado “uma referência do Festival, que se torna já pequeno em dias e orçamento para acolher propostas tão aliciantes”.

A programação é marcada por trabalhos internacionais como “Farsa y Licencia de la Reina Castiza”, da companhia espanhola Mundanal Ruido Teatro, que venceu a secção Mais Festa em 2016, e que subiu ao palco no Ginásio da Escola Secundária Sebastião da Gama, no dia 20.

No dia 23 de Agosto, no Fórum Municipal Luísa Todi, o Circo no Ato, do Brasil, apresentou “A Salto Alto – Entre Gentilezas e Extermínios”, um espectáculo programado em colaboração com o TeatroAgosto – Festival Internacional de Teatro ao Ar Livre do Fundão.

Dois dias depois, a Compagnia Naturalis Labor, de Itália, apresenta “Naveneva”, enquanto no dia 27, o Teatro Clássico de Sevilha leva a palco uma multipremiada versão de “Hamlet”, com encenação de Alfonso Zurro.

Além das várias peças nacionais e internacionais que vão passar por Setúbal, no âmbito do festival incluem-se “Conversas de Teatro” e exposições.

Organizado pelo Teatro Estúdio Fontenova, em parceria com a Escola Secundária Sebastião da Gama e com a Câmara Municipal de Setúbal, entidade que financia, o certame decorre em vários espaços da cidade e integra actividades paralelas como “Conversas de Teatro” e exposições.

Lusa

Deixe uma resposta