Novo Círio da Arrábida cresceu em todas as frentes

Local Sociedade B Últimas C

O balanço a mais uma celebração do Novo Círio da Arrábida não poderia ser melhor. Segundo a Câmara Municipal de Setúbal, houve “mais gente a participar nas festas, mais barcos no cortejo marítimo e mais público na chegada a Setúbal”.

“O Novo Círio de Nossa Senhora da Arrábida, em Setúbal, está a recuperar, gradualmente, a intensidade da tradição de outros tempos”, sublinha a autarquia, em jeito de balanço às festividades que se iniciaram no passado dia 1, terminando no último domingo, na cidade sadina e no Convento da Arrábida. Exemplo disso mesmo, foi a realização de uma antiga tradição – a que “obriga” a que quem participa pela primeira vez nas festas deva bater três vezes com o rabo no globo esculpido na estátua de Frei Martinho de Santa Maria – que gerou fila à entrada do Convento da Arrábida.

“Com 125 anos de história, o círio é uma festa pagã e religiosa da comunidade piscatória de Setúbal, programa que, durante muitos anos, culminava com um grande cortejo de barcos engalanados entre a Serra da Arrábida e a cidade, tradição que se havia perdido há cerca de quatro décadas”, lembra a edilidade.

A comissão organizadora e a junta de freguesia recuperaram há dois anos a tradição e hoje o cortejo de embarcações, que traz de volta à Igreja da Anunciada, em Setúbal, a imagem de Nossa Senhora, “continua a crescer em número de participantes”.

“O público que habitualmente também recebe a imagem da santa na Doca dos Pescadores, de onde depois parte em Procissão até à Igreja da Anunciada, também tem aumentado, com centenas de populares a marcarem presença naquela zona da cidade.”
As festividades, que contam com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal, incluem várias actividades no Convento da Arrábida, onde o número de pessoas presentes “tem crescido igualmente”.

As festividades, às quais aderem habitualmente pessoas de faixas etárias mais avançadas, contaram este ano com uma participação significativa de jovens. Todos eles com relação estreita às actividades marítimas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta