GNR apanha gang de sete por furtos em superfícies comerciais

Local Últimas B

Quatro homens e três mulheres foram detidos por associação criminosa e furto na terça-feira, 4, na sequência de uma operação da GNR de Palmela, que apreendeu ainda quatro mil euros, duas viaturas ligeiras e mais de mil peças de vestuário e outros artigos.

“O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal de Palmela, na sequência de quatro meses de investigação, pela prática dos crimes de associação criminosa e furto qualificado, procederam no dia de ontem, 4 de Julho, à detenção de seis indivíduos, dos quais três são mulheres, em Lisboa, Costa de Caparica e Sobreda”, anunciou a GNR em comunicado.

“Os arguidos, com vasto historial criminal, percorriam todo o território nacional, nomeadamente Algarve, Alentejo, área de Lisboa e Vale do Tejo, região Centro e Norte do País, incidindo a sua actuação em grandes superfícies comerciais. Tais práticas, têm causado avultados prejuízos materiais, avaliados em cerca de 50 mil euros”, acrescenta a GNR.

Durante a operação, a força de autoridade apreendeu: quatro mil euros em numerário; duas viaturas ligeiras; material informático; e mais de mil peças de vestuário e acessórios, bijuteria, produtos de beleza, equipamentos desportivos, relógios de marca e telemóveis.”

A operação contou ainda com o apoio da Unidade de Intervenção e do Destacamento de Intervenção do Comando Territorial de Setúbal. “Todo o inquérito, decorreu sob a orientação da 1.ª Secção do Departamento de Investigação e Acção Penal da Procuradoria da República da Comarca de Setúbal”, concluiu a GNR.

Deixe uma resposta