Feira de Sant’Iago volta a durar 16 dias

Local Últimas Últimas C

Tito Paris, Anjos, Nélson Freitas, Toy, Agir e Aurea são alguns dos artistas que vão subir ao palco de Setúbal na Feira de Sant’iago 2017, que este ano ocorre entre 22 de Julho e 6 de Agosto

A edição de 2017 da Feira de Sant’iago, com o tema “Setúbal é um Mundo”, irá decorrer de dia 22 de Julho a 6 de Agosto, como foi anunciado pela presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, ontem, em conferência de Imprensa realizada na Casa da Baía. Além da presidente, a cerimónia contou igualmente com a presença de Ana José Carvalho e Nuno Marques, dois dos responsáveis pela organização da feira, Ana Gomes, do Gabinete de Turismo, e Sérgio Mateus, responsável pela área da comunicação.

A decisão da duração do certame voltar a ser de 16 dias, ao contrário do ano passado, deveu-se a várias queixas dos feirantes e donos das barraquinhas e divertimentos, que não quiseram participar o ano passado por não lhes compensar. “Quando vemos que não está bem, rectificamos”, justificou Dores Meira.

E é também esse o espírito da autarquia no que toca à deslocalização da Feira de Sant’iago, tema polémico e que, por isso, não passou ao lado da intervenção da autarca. “A feira não pode hoje realizar-se onde decorreu durante décadas”, afirmou, considerando que o certame também “não pode realizar-se noutros espaços ribeirinhos”.

As razões apontadas são várias: as transformações ocorridas na Avenida Luísa Todi, que impossibilitam a realização de um evento da dimensão da Feira de Sant’iago; os custos associados à realização do certame, quer na Avenida, quer nas zonas ribeirinhas; a quantidade de actividades económicas, como restaurantes, cafés e afins sediadas em qualquer um dos locais sugeridos e, por fim, a falta de estacionamento e condições de segurança. “É a cidade que tem de se adaptar à feira ou a feira que tem de se adaptar à cidade?”, questionou a presidente.

A edil falou de campanhas orientadas à volta da localização da feira, que classifica de “oportunismo político”. E apontou baterias à campanha do PSD, com “grandes cartazes ocupados por fotomontagens” da feira situada na zona ribeirinha da cidade, como a ideia do PS de criar um referendo, para que sejam as pessoas a decidir se o certame deve ser deslocalizado.

“Se fizesse sentido e fosse possível, nós já tínhamos mudado”, garantiu. “A feira não é imutável”, afirmou, lembrando que a mesma tem mudado muito ao longo dos séculos, apesar de permanecer a sua “natureza de festa popular”.

Aposta na inovação e novas tecnologias

Para a edição deste ano houve um grande aumento do número de participantes em todos os sectores de actividade, tanto empresas e marcas, como tasquinhas, louças, divertimentos e carrosséis. “Já esgotámos o número de lugares disponíveis em quase todos os sectores”, adiantou Nuno Marques.

Foram apresentados vários destaques da Feira de Sant’iago 2017. Em primeiro lugar, a área institucional volta a ser uma área coberta, dando mais espaço para as marcas e empresas exercerem a sua criatividade.

A exposição da Câmara Municipal, dedicada ao tema “Setúbal é um Mundo”, será interactiva e totalmente audiovisual; “pretende-se que os visitantes mergulhem na vasta experiência de imagens que a exposição vai proporcionar em 180º e 360º graus”, apresentando-lhes a Setúbal contemporânea.

A inovação tecnológica é forte aposta este ano, com a presença de instituições, marcas e empresas ligadas às novas tecnologias dentro da E-Tech Feira de Sant’iago, que estará situada dentro da área institucional. “Aqui terão lugar workshops e demonstrações e provas com drones”.

Outra novidade é a existência de um balão de ar quente no miradouro do Parque de Sant’iago, que “proporcionará aos visitantes uma experiência de voo com uma vista magnífica” sobre a cidade e a baía.

Os destaques gastronómicos são, sobretudo, o espaço dos Produtos Regionais, que, além de área de mostra, venda e degustação de vários produtos, também contará com a realização diária de Showcooking, com chefs de cozinha prestigiados, nacionais e internacionais.

A Praça do Mundo também torna-se este ano, cada vez mais, “um espaço dedicado à gastronomia” local, regional e internacional, além de conter o Palco Mundo, onde irão actuar vários artistas e bandas locais.

A feira irá ter ainda mais dois palcos: o Palco Setúbal e o Palco Bares.

Mas é no Palco Setúbal que irão actuar os artistas mais renomeados, como por exemplo Anjos, Nélson Freitas, Herman José, Toy, Hands on Approach, Moonspell, Agir e Aurea, entre outros. Nota de destaque também para a presença neste palco dos vencedores do Concurso de Música de Setúbal, Fear the Lord, e dos vencedores do Concurso de Fado de Setúbal.

One comment

Deixe uma resposta