Surto de tuberculose afecta colégio de ensino especial em Azeitão

Local Sociedade C Últimas

Rastreio indica que metade dos alunos pode estar infectada, mas externato, com duas centenas de alunos e 50 funcionários, continua a trabalhar

Um surto de tuberculose está a afectar o ‘Externato Rumo ao Sucesso’, um colégio de ensino especial em Azeitão, com cerca de duas centenas de alunos e aproximadamente 50 colaboradores, sabe o DIÁRIO DA REGIÃO.

Uma fonte conhecedora do caso, revela que a taxa de incidência da doença entre a população do externato é superior a 50%, tendo sido confirmada a infecção em 42 alunos num total de 80 rastreados e cujos resultados já são conhecidos. Entretanto foram feitos exames a mais 24 ou 26 alunos, mas os resultados destes são desconhecidos por enquanto.

A Direcção-Geral de Saúde (DGS) considera que nem todos os infectados são casos de tuberculose, sendo a maioria portadores mas sem que a doença se manifeste.

A DGS entende que dos casos detectados, somente seis são doentes com tuberculose, o que já corresponde a um surto, e ainda falta rastrear quase metade do total das pessoas.

Dos 42 infectados, quatro alunos foram internados, sendo que um deles já teve alta, e os restantes 38 estão em tratamento, a ser medicados, mas continuam no colégio.

Três dos doentes foram internados no Serviço de Pneumologia do Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, e um quarto foi internado no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, por falta de vaga na unidade de Setúbal.

Os exames de diagnóstico estão a decorrer, a um ritmo pouco superior a uma dezena de pessoas por dia, pelo que o processo deverá arrastar-se durante semanas. Ao todo são cerca de 250 pessoas, entre alunos e funcionários do colégio, tendo sido rastreadas, até à data, pouco mais de uma centena.

A suspeita de tuberculose no Externato Rumo ao Sucesso tinha sido já noticiada, há duas semanas, mas como não passando de um susto e como uma situação controlada. O DIÁRIO DA REGIÃO apurou que a infecção está a crescer, sendo que o colégio tem mantido o funcionamento, durante este período e continuava aberto ainda na quinta-feira, enquanto os exames de diagnóstico estão a ser feitos pelo Centro de Saúde de S. Sebastião, no Vale de Cobro.

O Externato Rumo ao Futuro acolhe crianças e jovens, entre os 9 e os 30 anos de idade, com necessidades educativas especiais e é tutelado pelo Ministério da Educação.

O DIÁRIO DA REGIÃO tentou ouvir a direcção do colégio e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), mas até ao momento não obteve respostas.

Já o Centro Hospitalar de Setúbal o Centro Hospitalar de Setúbal, em resposta ao DIÁRIO DA REGIÃO, reiterou a informação já divulgada no passado dia 12, acrescentando: “A situação está monitorizada, tendo sido adoptadas as medidas de saúde pública preconizadas para este efeito pelas autoridades competentes.”

Francisco Alves Rito

Deixe uma resposta