Setúbal acelera com II Especial Sprint e retoma da Rampa da Arrábida

Desporto Local Últimas B

A segunda edição da Setúbal Especial Sprint e o regresso, ao fim de 11 anos, da mítica Rampa da Arrábida vão realizar-se, respectivamente, a 29 de Julho e 2 de Setembro, para gáudio dos apaixonados pelo desporto automobilístico. A apresentação das provas, organizadas pelo Clube de Motorismo de Setúbal, com o apoio da Câmara Municipal, decorreu no Roof61, bar panorâmico do Fórum Municipal Luísa Todi, na quinta-feira.

A Setúbal Especial Sprint, no dia 29 de Julho, terá lugar na Avenida da Europa, também conhecida como Variante da Várzea. Já a 26.ª Rampa da Arrábida – Liberty Seguros realiza-se 11 anos depois da última edição, no dia 2 de Setembro.

Ambas as provas pontuam para a CMS Cup, troféu criado pelo Clube de Motorismo de Setúbal. “São dois grandes eventos”, considerou o chefe da Divisão de Desporto da Câmara Municipal de Setúbal, José Pereira, durante a apresentação oficial da taça. “Serão excelentes jornadas de promoção do automobilismo e, no caso especial da Rampa da Arrábida, que conta com o total apoio da autarquia, é um momento certamente muito aguardado, que permitirá voltar a assistir a uma prova mítica, enquadrada naquela paisagem natural fantástica”, acrescentou o autarca.

Luís Caramelo, vice-presidente do Clube de Motorismo de Setúbal, começou por falar da segunda edição da Setúbal Especial Sprint, prova inaugurada o ano passado e que, sublinhou, constituiu “um grande êxito, com milhares de pessoas a assistir, dezenas de pilotos a participar e sem qualquer incidente registado”.

O evento inclui provas de velocidade destinadas apenas a pilotos cujos carros desportivos tenham passaporte técnico da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting.

A Setúbal Especial Sprint volta a ter ainda provas de regularidade, abertas a todos os interessados, com carros desportivos ou de viaturas clássicas desde que registadas até 1997.

Na prova de regularidade, os pilotos devem completar o circuito com uma velocidade média que não exceda os 55 quilómetros por hora.

Uma nova configuração do traçado da Especial Sprint de 2017 permitirá que o público possa assistir à prestação simultânea de até três carros em competição, ao invés de apenas dois, como aconteceu em 2016, salientou ainda Luís Caramelo.

Rui Madeira entre os pilotos presentes

Quanto à mítica Rampa da Arrábida – Liberty Seguros, vai disputar-se num troço de três quilómetros de comprimento, com início no quilómetro 19 e final no quilómetro 16 da Estrada Nacional 379-1.

“Está montado um sistema muito complexo de segurança, até porque se pretende que a prova seja classificada e que suba em termos de importância nacional”, revelou.

Já Fernando Matias, presidente do Clube de Motorismo de Setúbal, realçou que, só na apresentação da CMS Cup, estiveram, entre muitas outras pessoas e entidades, “20 a 30 pilotos”, sem ter sido necessário convencer algum. O nome Rampa da Arrábida foi suficiente “para quererem marcar logo presença”. Entre os pilotos que estiveram na cerimónia de apresentação registou-se, desde logo, Rui Madeira, que se sagrou campeão do mundo ao vencer a Taça FIA, na classe produção, em 1995.

Um dos objectivos do Clube de Motorismo de Setúbal é que a Rampa da Arrábida volte a fazer parte do calendário do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, organizado pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting.

O público pode assistir gratuitamente aos dois eventos, sendo que, no caso da Rampa da Arrábida – Liberty Seguros, o trânsito automóvel será cortado a partir das 8h00, pelo que é necessário marcar lugares antes dessa mesma hora.

As competições da Setúbal Especial Sprint, a 29 de Julho, têm início a partir das 9h00, a mesma hora a que começam as prestações dos pilotos na Rampa da Arrábida, agendada para 2 de Setembro.

Deixe uma resposta