Gabinete do vereador do PSD assaltado na Câmara de Palmela

Local Últimas C

Uma janela aberta e a falta de um computador portátil. Foi assim que o funcionário da Câmara Municipal de Palmela, João Mestre, que presta apoio ao vereador do PSD, Paulo Ribeiro, encontrou o gabinete do autarca social-democrata na manhã de quinta-feira.

Um computador portátil pessoal foi furtado do gabinete e a GNR foi chamada ao local, pelos serviços camarários, para tomar conta da ocorrência, apurou o DIÁRIO DA REGIÃO, confirmando a informação com Paulo Ribeiro e também com o gabinete de comunicação da autarquia

“O assalto terá ocorrido entre o final do dia de quarta-feira e a quinta-feira de manhã. A única coisa que levaram foi um computador portátil pessoal, onde estão os nossos assuntos mais confidenciais em termos políticos”, disse o vereador Paulo Ribeiro ao DIÁRIO DA REGIÃO, acrescentando que a janela do gabinete foi encontrada “aberta mas sem sinais de arrombamento”.

O autarca, que encabeça a lista da coligação PSD/CDS-PP à Câmara de Palmela nas eleições de 1 de Outubro próximo, manifestou ainda alguma estranheza e explicou: “Naquele edifício estão os gabinetes do PS e do PSD, mas só o do PSD foi assaltado. Acho estranho isto acontecer. Não foi um furto de alguém que ‘leva tudo à frente’. Havia um outro computador, um monitor, da Câmara, que poderiam ter levado. Mas só levaram o portátil que é pessoal.”

A Câmara Municipal, através do gabinete de comunicação, apenas confirmou a ocorrência e que a GNR foi chamada ao local.

Deixe uma resposta