PSD escolhe candidatos para freguesias do Barreiro

Local Últimas C

Álvaro Ferreira, assistente administrativo, residente na urbanização dos Fidalguinhos, é o candidato do PSD à União de Freguesias Barreiro/Lavradio. Rui Coelho, bombeiro sapador, residente na freguesia desde que nasceu, primeiro na Cidade Sol e depois na Vila Chã, será o candidato do PSD à presidência da Junta de Freguesia de Santo António da Charneca.

“As juntas de freguesia têm um papel importante na defesa e valorização do espaço público, que está hoje ao abandono”, sublinha Álvaro Branco

Deste modo, defende que a principal aposta terá que ser a limpeza da freguesia, que considera estar “muito suja e degradada”.

“Os Lóios, os Fidalguinhos, bem como todo o Lavradio, estão ao abandono. É preciso reforçar a limpeza das ruas de toda a freguesia, limpar as ervas e lavar passeios. Voltar a fazer ações contra as pragas de baratas e ratos. Temos que cuidar dos jardins e espaço publico”, realça.

O candidato do PSD diz ainda que a degradação do Barreiro Velho está a estender-se para o centro da cidade, sendo “urgente uma política de requalificação para todo este local, que deverá ser também alargado à zona mais antiga do Lavradio”.

“A juntar a estes problemas, está a questão da segurança. Para além de defendermos a criação de uma policia municipal, é necessário que a construção da Esquadra da PSP no Barreiro Velho avance o mais depressa possível”, salienta.

Outro dos objectivos passa pela revitalização dos Mercados 1º de Maio e do Lavradio bem como do comércio local. “Temos que dinamizar estes espaços. Torna-los mais atractivos para a população”.

Já Rui Coelho, com um passado ligado ao desporto, candidata-se novamente pelo PSD quatro anos depois, sendo uma aposta na continuidade de um trabalho realizado em prol da freguesia de Santo António da Charneca e da sua população.

Rui Coelho defende a renovação da freguesia, com especial incidência na limpeza das ruas.

“Precisamos de limpeza das ruas durante 4 anos e não somente a 4 meses das eleições”, realçando que as novas urbanizações como as Casas de Santo António estão ao abandono.

O candidato social-democrata lamenta que o passeio da EM 510, agora em construção, não se estenda até à zona Fonte do Feto/ Penalva, zona muito abandonada da freguesia, e que “nem sequer em altura eleitoral, se lembram daquele território”, apontando também a falta de capacidade da CDU para resolver o problema das AUGIS.

“Ao longo que 40 anos de CDU/PS no poder, ainda está quase tudo por fazer”, afirma.

Rui Coelho defende ainda que é preciso reinvestir na Cidade Sol, na zona mais antiga, especialmente na recuperação dos espaços envolventes aos lotes habitacionais.

“E temos que dar mais atenção aos jovens, em zonas como a Vila Chã e a Cidade Sol não há nada para ocupação saudável dos tempos livres dos jovens”, acrescenta, manifestando ainda a necessidade revitalizar o movimento associativo na freguesia.

“Não é normal a freguesia ter dois pavilhões e a taxa de ocupação dos mesmos quer pelos seus habitantes, quer pelo seu movimento associativo ser quase nula”, aponta.

Por ultimo, o candidato do PSD pretende aumentar os níveis de segurança de pessoas e suas habitações, bem como da segurança rodoviária.

Deixe uma resposta