António Costa anunciou um conjunto de investimentos para a região [FOTOS]

Regional Últimas

O primeiro-ministro António Costa anunciou hoje, 26, no Barreiro, um conjunto de investimentos para toda a região, considerando que o desenvolvimento da Península de Setúbal é prioritário para o país.

António Costa chegou hoje no barco da Soflusa ao Barreiro e seguiu para uma reunião de trabalho nos Paços do Concelho com os autarcas do Barreiro, Carlos Humberto, Almada, Joaquim Judas, e Seixal, Joaquim Santos.

Depois da reunião, os responsáveis deslocaram-se ao território da Baía do Tejo, onde visitaram o espaço definido para receber o novo terminal de contentores.

“A valorização destes quase 900 hectares dos territórios da antiga Quimiparque, Siderurgia e Margueira são uma grande oportunidade para o desenvolvimento do país. Estas zonas podem ser motor desenvolvimento da Península de Setúbal”, disse António Costa.

O primeiro-ministro referiu que é “incompreensível que não se faça um grande esforço de desenvolvimento” destes territórios e garantiu que o Governo vai trabalhar em conjunto com as autarquias nesse sentido.

“A Península de Setúbal é a NUT III do conjunto do país que mais divergiu economicamente da União Europeia ao longo de 30 anos, fruto de uma brutal alteração da economia da região. É uma região cujo desenvolvimento é prioritário para o país e temos nestes terrenos uma grande oportunidade de alavancar este desenvolvimento”, salientou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

António Costa, que esteve acompanhado pelos ministros Ambiente, João Matos Fernandes, e pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, lembrou os milhões já investidos na descontaminação dos territórios do Barreiro e Seixal e anunciou para breve a aprovação de um decreto-lei sobre os territórios da Margueira, em Almada, que permitirá colocar estes territórios em valorização económica.

No balanço da reunião de hoje, António Costa anunciou que o ministro da Saúde vai avançar com o processo de construção do novo hospital do Seixal em Julho e que o governo também vai arrancar com a ligação rodoviária entre o Barreiro e Seixal.

Foi ainda anunciado que vai ser criado um grupo de trabalho para o desenvolvimento do Metro Sul do Tejo no próximo quadro comunitário e um outro grupo de trabalho para a localização do novo terminal de contentores.

“Vai também ser instalada brevemente uma central de depuração de bivalves no Barreiro, num investimento de um milhão de euros. Esta semana vai ser assinado um contrato com o estado para a colocação da esquadra do PSP no Barreiro Velho e foi desbloqueada a verba para a reparação urgente de navios da Transtejo e Soflusa”, disse.

Terminal vai mudar de local para não afetar a Avenida da Praia

O primeiro-ministro António Costa anunciou a criação de um grupo de trabalho para a localização do novo terminal de contentores no Barreiro.

“A localização afectava negativamente a frente ribeirinha do Barreiro e foi identificada a possibilidade de toda esta zona acolher o terminal, sem prejudicar uma ligação com Lisboa. Existe acordo com a Câmara para a relocalização do terminal, para não afectar a frente ribeirinha”, disse, referindo que com interesse de privados a obra pode avançar.

Caros Humberto, presidente da Câmara do Barreiro, referiu que os autarcas da região estão disponíveis para colocar os territórios ao serviço do desenvolvimento do país, da região e dos concelhos.

“O que pretendemos é deslocar para nascente a implementação do terminal, permitindo que as vistas não sejam afetadas, ou sejam de forma muito menos significativa. Vai ser criado o grupo de trabalho para de forma rápida concluir esta questão”, defendeu.

Joaquim Judas, autarca de Almada, manifestou-se satisfeito com a resolução da questão sobre os territórios da Margueira.

“Vai avançar o projecto da Cidade da Água. O decreto-lei permite que o projecto da Margueira se desenvolva. Existem um conjunto grandes entidades interessadas e o que está a bloquear o processo vai ser desbloqueado em breve”, concluiu.

Deixe uma resposta