Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

Local Últimas B

O corpo do homem que desapareceu no sábado à noite quando apanhava bivalves no rio Tejo, no Barreiro, foi encontrado hoje, 25, cerca das 11:00, pela Polícia Marítima.

O corpo da vítima, de nacionalidade chinesa, na casa dos 50 anos, foi localizado a cerca de 500 metros do local onde tinha sido avistado pela última vez por familiares.

A Polícia Marítima adianta que o corpo não apresenta sinais de violência, admitindo-se que a inexperiência na apanha de bivalves e a existência de fundões na zona possa ter traído a vítima.

Antes, a Polícia Marítima havia dito que o alerta foi dado cerca das 22:30 de sábado pelos companheiros da vítima, que pertencia a um grupo de “três ou de quatro” homens de nacionalidade chinesa que estavam na apanha de bivalves na zona do Clube Naval do Barreiro.

As buscas ainda foram iniciadas durante a noite, mas acabaram por ser canceladas devido à escuridão. Ao nascer do sol, foram retomadas, com duas embarcações semirrígidas, uma da polícia e outra do Instituto de Socorros a Náufragos, e um helicóptero.

A área do Clube Naval do Barreiro é uma zona onde é comum a apanha de bivalves por mariscadores, acrescentou.

Deixe uma resposta