Luís Nascimento apresentou candidatura à Câmara da Moita

Local Últimas C

A coligação Merecemos Mais apresentou os seus principais candidatos às eleições autárquicas 2017 na Moita. O local escolhido para a cerimónia foi em frente ao cais da Moita, ao lado da imagem de Nossa Senhora, onde a equipa liderada por Luís Nascimento assumiu o seu compromisso de lutar por uma terra melhor.

A coligação que apoia a candidatura é composta pelos partidos PPD/PSD – CDS-PP – MPT e coube às nacionais dos partidos as primeiras intervenções, explicando porque apoiam esta coligação.

Pelo CDS falou o Dr. Nuno Magalhães, pelo PSD a Drª. Maria Luís Albuquerque e pelo MPT foi lida uma mensagem do presidente do partido Dr. Inácio Faria.

O discurso forte do fim de tarde coube, naturalmente, a Luís Nascimento, candidato a presidente da Câmara Municipal da Moita.

Agradecendo o apoio dos partidos, agradecendo à sua equipa e aos muitos munícipes presentes, rapidamente entrou nas grandes questões do programa.

Mais emprego, onde defendeu a criação de um centro empresarial à imagem do LX Factory de Lisboa, em Alhos Vedros. Mais industria de turismo e lazer, onde explicou as capacidades e o potencial da Moita ser o local de fim de tarde para todos os habitantes da grande Lisboa.

Mais atenção aos munícipes, onde defendeu a negociação com Montijo e Alcochete por forma a se continuar a ciclovia, permitindo um grande passeio à beira-rio, e onde foi mais longe, levantando a questão das bicicletas gratuitas para os munícipes, como se faz em outros concelhos.

Trazer dinheiro ao concelho e à câmara, de forma a poder diminuir a carga fiscal sobre os seus habitantes (IRS e IMI), onde desafiou os ex-governantes presentes a ajudarem-no a trazer para a Moita o hipódromo com corridas de cavalos que mais tarde ou mais cedo será feito em Portugal.

Ciente de que o jogo nas corridas de cavalo gera verbas semelhantes a um casino, e que parte desse dinheiro fica na câmara do concelho, Luís Nascimento assumiu o risco de tal proposta, declarando que este mesmo pensamento esteve por trás da ideia de criar um casino em Lisboa.

Da equipa que o acompanha, houve destaque para a mandatária Professora Fernanda Velez; para os candidatos à Freguesia da Moita Jorge Rossado, Irene Silva e a cabeça de lista Marília Gonçalves; à freguesia de Alhos Vedros encabeçada por Carlos Cardoso; à freguesia da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira, encabeçada por Rachid Djaló; à Assembleia Municipal com João Flores e a professora Paula Diogo, e a número dois na lista da câmara, a jovem advogada Sandra Arsénio que com apenas 25 anos assume uma candidatura a vice-presidente da Câmara.

Deixe uma resposta