Torrão revive história com feira quinhentista

Local Sociedade Últimas C

Música, teatro, dança e falcoaria foram actividades que estiveram em destaque. Evento mobilizou comércio local e tecido associativo local

A vila do Torrão, concelho de Alcácer do Sal, reviveu ao longo de três dias tradições históricas, que remontam ao Século XVI. De 2 a 4 deste mês, música, teatro, dança e falcoaria foram actividades que permitiram recriar tempos idos, no âmbito de mais uma feira intitulada “Torrão Quinhentista”.

A iniciativa, que decorre habitualmente de dois em dois anos e que se realizou este ano pela sexta vez, visa “marcar a identidade histórica do Torrão, com um evento de acesso gratuito em que participa o comércio local e o tecido associativo da vila”, revela a Câmara Municipal Municipal de Alcácer do Sal.

De acordo com a autarquia, o evento “ tem contado com a visita de milhares de pessoas, de vários pontos do País, mas também de filhos da terra, que regressam por esta altura” à vila alentejana.

“Dona Maria de Portugal, por Terras do Torrão” serviu de mote para o evento, inspirado, explica ainda a autarquia, “na presumível estadia na vila alentejana, no ano de 1500, de Dona Maria de Aragão e Castela, uma infanta aragonesa que viria a ser a segunda esposa de Manuel I de Portugal”.

O certame é promovido pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal e pela Junta de Freguesia do Torrão, contando com a colaboração das associações e população local.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta