Autarcas de Barreiro e Seixal querem ponte entre os concelhos definida como prioridade

Regional Últimas B

Os autarcas do Seixal e Barreiro reivindicaram a construção de uma ponte rodoviária que ligue os dois concelhos do distrito de Setúbal, anunciando que vão solicitar uma reunião com o ministro Infraestruturas para discutir a obra.

Elementos dos executivos municipais das suas autarquias realizaram uma acção no Seixal para exigir a construção da ponte.

“Trata-se de uma ponte com cerca de 400 metros, que ligará os dois concelhos, evitado que as populações tenham que percorrer os actuais 16 quilómetros que distanciam o Seixal do Barreiro”, disse Joaquim Santos, presidente da Câmara Municipal do Seixal.

O autarca referiu que a ponte traria vantagens económicas e ambientais às populações dos concelhos da Margem Sul, cujo investimento ronda os 15 milhões de euros.

“Desde 1999 que está prevista uma estrada no Plano Rodoviário 2000, que é a ER 10, que liga Almada ao Seixal e Barreiro através desta ponte rodoviária que hoje aqui reivindicamos, contudo, a mesma está parada em Corroios”, salientou.

Carlos Humberto, presidente da Câmara do Barreiro, referiu que um dos problemas na região é a falta de mobilidade.

“Um dos problemas é a falta de mobilidade e transportes entre os concelhos do Arco Ribeirinho Sul, o que dificulta a ligação entre as populações e prejudica também a actividade industrial”, frisou.

Os dois concelhos já estiveram ligados em tempos, mas por via ferroviária. Em 1923, o vapor proveniente do Barreiro apitou pela primeira vez sobre a ponte que o ligava ao Seixal, com o tráfego a ser suspenso em 1969, após uma colisão de um navio, que provocou danos na estrutura, que não voltou a ser recuperada.

Os responsáveis das duas autarquias anunciaram que irão pedir uma reunião ao ministro das Infraestruturas, para sinalizar esta necessidade, com o objectivo de que as Infraestruturas de Portugal incluam esta ponte como uma das suas prioridades, no que se refere às acessibilidades na Margem Sul.

Deixe uma resposta