Candidato do SIM aposta no embelezamento da cidade de Sines

Local C Últimas B

 

José Ferreira Costa, 71 anos, é o cabeça de lista do movimento independente ‘SIM – Sines Interessa Mais’ à Câmara Municipal de Sines nas próximas eleições autárquicas

 

Helga Nobre

O nome do candidato, técnico de electrónica aposentado e ex-autarca, foi tornado público no passado sábado durante um jantar de apresentação dos candidatos à Câmara de Sines.

Com o lema ‘Juntos por Sines’, a candidatura assume-se como a única alternativa ao poder autárquico do Partido Socialista e compromete-se a recuperar o trabalho interrompido há quatro anos quando o SIM liderava o executivo municipal.

Ideias e projectos não faltam a Ferreira Costa que quer começar por auscultar a população siniense para construir o programa de governação local.

Queremos ouvir a população para construir o nosso programa de governo local porque na verdade a maioria das infraestruturas e equipamentos estão construídos. Um dos nossos projetos mais importantes será valorizar e rentabilizar essas obras e equipamentos. Não será prioridade nossa construir rotundas”, advertiu.

O “abandono a que foi votada” a avenida Vasco da Gama; a “utilização precária” do pavilhão multiusos; a “limpeza da cidade e o embelezamento” do espaço público e uma atenção especial aos núcleos rurais, são algumas das preocupações e prioridades do cabeça de lista do SIM.

No projeto de governação local do ‘Sines Interessa Mais’ está também o compromisso de acabar com os animais abandonados pela cidade e melhorar as acessibilidades da cidade de Sines e a Porto Covo.

A instalação a curto prazo de rampas e arruamentos e passeios em todas as passadeiras para melhorar a mobilidade é um dos nossos compromissos. Queremos como prioridade obter fundos para reparar e alargar a estrada entre São Torpes e Porto Covo e construir uma ciclovia ao longo desta estrada turística”, acrescentou.

O candidato do SIM, que assumiu o ambiente como prioridade, continua a defender a construção de um nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) e melhorar as condições ambientais do concelho e adiantou que, caso seja eleito, vai reactivar o projecto GISA – Gestão Integrada de Saúde e Ambiente.

Pretendemos em articulação com as grandes empresas e com as autoridades regionais obter garantias de cumprimento permanente das regras ambientais e da troca de informação para que a Câmara Municipal esteja habilitada a salvaguardar o bem estar e a saúde dos sinienses”, garantiu.

O candidato, que considerou lamentável os atrasos verificados na construção do futuro centro de saúde de Sines, quer ainda saber qual a opinião da população sobre matérias tão sensíveis como a pesca e os pescadores, o desenvolvimento turístico, a educação e o desenvolvimento profissional.

Sobre o tecido empresarial local e o associativismo, José Ferreira Costa diz ser intenção do SIM trabalhar em parceria. “A Câmara Municipal deve criar e promover iniciativas e tomar medidas que apoiem o crescimento e o valor económico onde estas empresas em conjunto são mais importantes que as grandes empresas”.

Sem interferência nos seus projectos, queremos trabalhar em parceria de forma a contribuir para o seu desenvolvimento e para a sua qualificação de forma a criar a sustentabilidade e estabilidade para que não fiquem eternamente dependentes de subsídios da Câmara ou de outras entidades”, defendeu.

Em declarações ao Diário da Região, o cabeça de lista recordou que “o SIM deixou obra quando esteve no executivo” e que o objectivo passa por “continuar a fazer obra”.

A limpeza e a falta de cuidado nas ruas é uma preocupação da população à qual devemos dar atenção, até porque reconheço que no último mandato SIM provavelmente falhamos nessa área já que havia mais para fazer no que respeita às obras de proximidade porque a cidade tem obrigação de ser mais bonita, tanto para os sinienses, como para os que nos visitam”, disse o candidato do SIM que se apoia na sua experiência autárquica e numa equipa competente para vencer as eleições de 1 de Outubro.

Paulo Beliche (56 anos), Gracinda Luz (36 anos), Margarida Baltasar (53 anos), João Grulha (53 anos), Maria Cristina Santa Bárbara (59 anos) e António Mestre (45 anos), compõem a lista de candidatos que acompanham José Ferreira Costa na corrida à liderança da Câmara de Sines.

Deixe uma resposta