Cerca de 400 crianças assinalaram Semana do Pescador em Setúbal

Local B Sociedade Últimas C

O Parque Urbano de Albarquel acolheu cerca de 400 crianças que participaram nos ateliers sobre tradições marítimas, realizados entre segunda e sexta-feira, no âmbito da Semana do Mar e do Pescador 2017, em Setúbal.

Aulas de remo e canoagem foram, entre outras, acções que cativaram a pequenada que frequenta as escolas básicas de 1.º ciclo do Casal das Figueiras, Arcos, Montalvão, Laranjeiras e São Gabriel. Este alunos puderam ainda aprender um pouco mais sobre diversas artes de pesca.

“A participação animada das crianças nas aulas sobre o entrilhar das redes, com antigos pescadores, e sobre carpintaria naval e calafetagem de barcos de madeira, com um carpinteiro a arranjar ao vivo e a explicar às crianças como se arranja uma embarcação” foi outra actividade digna de registo, realça a autarquia sadina.

Já a vida marinha do Estuário do Sado e da costa da Arrábida, em ateliers de sensibilização ambiental, a bordo da embarcação Maravilha do Sado, numa parceria com a Ocean Alive, permitiu alargar horizontes a alunos do 4.º ano. “Nesta acção, intitulada ‘Pradarias Marinhas: um ninho no fundo do estuário’, conduzida por uma bióloga marinha e uma pescadora, participaram duas centenas e meia de alunos do 4.º ano”, adianta a edilidade.

Os ateliers e os passeios de barco integraram a Mostra de Tradições Marítimas, que decorreram até domingo, no Parque Urbano de Albarquel, no âmbito da Semana do Mar e do Pescador, promovida pela Câmara Municipal de Setúbal e pela União das Freguesias de Setúbal, com diversas parcerias.

O último dia das comemorações contou com actividades centradas também no Parque Urbano de Albarquel.

Deixe uma resposta