SETÚBAL | Africanos sonham com conquista da Taça do Inatel

Desporto Desporto B Local

Técnico António Pereira garante que o grupo está focado em conseguir o primeiro título para o clube. Meia-final da Taça está à porta, depois de afastamento do campeonato… na secretaria

MÁRIO RUI SOBRAL

António Pereira, 45 anos, regressou esta época ao comando técnico da Associação Desportiva e Cultural (ADC) Os Africanos, de Setúbal, que vai disputar a passagem à final da Taça do Inatel, depois de ter realizado uma promissora campanha na primeira fase fase do campeonato.

O treinador dos Africanos – clube que vai assinalar o 23.º aniversário, fundado que foi a 22 de Junho de 1994 – está confiante em conseguir a conquista do primeiro título para o emblema sadino da Bela Vista. Em 2014-2015, Os Africanos, também com o técnico António Pereira ao leme, estiveram a um passo de o conseguir, porém a estrelinha sorriu ao adversário na final da Taça.

António Pereira

Esta época não foi fácil chegar às meias-finais da Taça do Inatel, conforme reconhece o treinador, mas o grupo está mais empenhado do que nunca em fazer história.
“Chegar às meias-finais? Sim foi difícil, como são difíceis todos os jogos. Mas, com muita humildade e, acima de tudo, respeitando todos os adversários queremos trazer o caneco para a Bela Vista”, garante António Pereira, justificando de seguida a sede de triunfar do grupo de trabalho. “É um sonho de todos, já que, a concretizar-se, será o primeiro título para o clube”, realça.

A temporada não se resume, contudo, ao percurso na taça. Na Série B do Campeonato Distrital do Inatel, Os Africanos também estiveram muito perto de, pela primeira vez, conseguirem passar à fase final da competição. No entanto, o que parecia certo em campo, acabou perdido na “secretaria” e de forma indirecta.

“É verdade, estivemos na liderança da Serie B e quando já nos preparávamos para passar, porque a classificação assim o dizia, foi aí que o Inatel entrou em campo. Os Africanos acabaram com 16 pontos, o Lagoa acabaria com 15, mas mais uma vez no Inatel de Setúbal houve forças estranhas…”, lamenta o técnico, explicando na passada: “Depois de a Associação Desportiva Samouquense (ADS) ganhar por 2-0 ao Lagoa, o Inatel aplicou pena de derrota por 5-0 à ADS por não haver [forças de] segurança nesse jogo, apesar de o mesmo ter sido concluído sem haver problema algum. Foi assim que nos tiraram da próxima fase, ficando o Lagoa com 18 pontos que passou à próxima fase. Enfim é o Inatel em Setúbal.”

A concluir, António Pereira define Os Africanos como “um clube com poucos ou quase nenhuns meios, que não tem sede, mas onde todos são bem recebidos”.

Plantel

1- Pedro Ferreira
2- Ivandro Pereira
3- Andre Kantelheiro
4- Gilsom Monteiro
5- Fábio Correia
6- José Veiga
7- Fábio Sabino
8- Gonçalo Fernandes
9- Evandro Monteiro
10- Vasco Gomes (C)
11- Fábio Amoroso
12- César Soromenho
13- Hugo Veiga
14- Marciano Santos
15- Mauro Marafusta
16- Eduardo Paninho
17- Telmo Mondim
18- Ricardo Brito
19- Filipe Ferreira
20- Dino Silva

Treinador: António Pereira
Treinador Adjunto: Bruno Martins
Presidente: José António Sanchez

Deixe uma resposta