Pestana e ETPM apresentam projecto piloto Qualificar para Crescer

Local Últimas B Últimas C

O Pestana Hotel Group e Escola Técnica Profissional da Moita apresentaram publicamente o projecto piloto Qualificar para Crescer, que une uma escola e uma empresa no desenvolvimento integral e permanente do percurso qualificante de 26 jovens alunos do curso profissional de Técnico de Restaurante-Bar, que terá o seu início em Setembro deste ano.

Numa iniciativa que reuniu o Ministro da Economia, o Secretário de Estado da Educação, a Secretária de Estado do Turismo e o Presidente do Turismo de Portugal, onde o CEO do Pestana Hotel Group, José Theotónio, o Presidente do Conselho Directivo da ETPM, Alexandre Oliveira celebraram o protocolo de colaboração, assumindo o compromisso que criará valor para as pessoas, para o sector e para o País.

Uma das salas do Pestana Palace Lisboa foi palco para o lançamento de um projecto que constitui um marco no ensino profissional. Qualificar para Crescer é algo inédito em Portugal, com características inovadoras e distintivas: a constituição de uma equipa pedagógica composta por professores da Escola Técnica Profissional da Moita e por formadores, especialistas de referência do Pestana Hotel Group e do sector.

Uma equipa multidisciplinar em permanência, durante os 3 anos deste percurso qualificante, com uma nova forma de organização do tempo e do espaços de aprendizagem, que permitirá o desenvolvimento efectivo das competências necessárias para estes jovens viverem no século XXI e para corresponder às exigências actuais e futuras do sector do Turismo.

Apadrinhado por elementos do Governo, este projecto piloto conta com a disponibilização, por parte do  Pestana Hotel Group, dos seus recursos técnicos, humanos e materiais, nacionais e internacionais, potenciando a qualidade desta resposta qualificante.

A empregabilidade está garantida após a conclusão da qualificação, para todos os alunos envolvidos, no Pestana Hotel Group e no sector do Turismo.

Segundo o Secretário de Estado da Educação, João Costa, “é essencial esta Inovação Pedagógica. Este projeto tem o apoio do Ministério da Educação, uma vez que promovemos a autonomia das escolas e o desenvolvimento curricular, destacando a qualidade das parcerias. É um exemplo!”.

O Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, no discurso de encerramento da iniciativa mencionou que “uma boa formação está centrada nas pessoas. O caminho do turismo é este, bem como a aposta no reforço das soft skills. Este projecto tem um carácter inovador e, esperemos, demonstrativo.”

Deixe uma resposta