PS promove debate “Afirmar o Barreiro na Educação – A Educação no séc. XXI”

Local Últimas C

O Partido Socialista do Barreiro realizou na sede do Galitos Futebol Clube, o debate «Afirmar o Barreiro na Educação – A Educação no Séc. XXI», que contou com os oradores Susana Amador, deputada à Assembleia da República, vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS e membro da Comissão Parlamentar de Educação, e João Couvaneiro – membro do concelho directivo da ANQEP – Agência Nacional para Qualificação e Ensino Profissional, e onde estiveram presentes cerca de 90 participantes.

“A afirmação do Barreiro passa por várias vertentes e não temos dúvida que a educação é uma delas. O sucesso que começamos a sentir em Portugal é obviamente positivo, mas é através da educação que esse sucesso pode ter sedimentação e continuidade. É através da educação que teremos sustentação para o sucesso do país”, salientou o presidente do PS Barreiro e candidato à presidência da Assembleia Municipal, André Pinotes Batista.

O debate foi realizado no âmbito da Agenda Barreiro 2025, um projecto de participação, reflexão e estudo para a construção de uma alternativa séria e sustentada para afirmar um Barreiro diferente: “Aquilo que nós aqui no Barreiro vamos tentar demonstrar, e estou convencido que demonstraremos, é que efectivamente existem outras políticas possíveis na gestão autárquica, nomeadamente, na educação”, referiu João Pintassilgo, coordenador do projecto e membro da lista candidata à Câmara do Barreiro pelo Partido Socialista.

Sara Ferreira, também candidata a vereadora e coordenadora do grupo de trabalho “Valorizar as pessoas” da Agenda Barreiro 2025, que organizou o debate, referiu ainda a importância dada pelo Partido Socialista às áreas da acção social, desporto, cultura, juventude, com especial enfoque na educação.

Susana Amador, actual deputada à Assembleia da República e membro da Comissão de Educação com grande experiência autárquica – exerceu os cargos de presidente da Câmara Municipal de Odivelas e vice-presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses – abordou o papel da autarquia na educação e a descentralização de competências.

“A descentralização de competências, prevista pelo actual governo e uma das pedras angulares da reforma do Estado, tem em vista reforçar e aprofundar a autonomia local, através da transferência de competências da administração directa e indirecta do Estado para órgãos mais próximos das pessoas. A descentralização deve passar responsabilidades seja para as autarquias, seja para as escolas, mas sempre com respeito pela sua autonomia”, referiu.

João Couvaneiro, com a segunda intervenção da noite, focou o papel da Educação e Formação no Séc. XXI. “A valorização do ensino, da formação profissional, dos currículos, das escolas, dos seus profissionais e das famílias é fundamental para uma Escola Inclusiva. Neste sentido o Governo estabeleceu como prioridade política de âmbito nacional e local a revitalização da educação e da formação de adultos, enquanto pilar central do sistema de qualificações, assegurando a continuidade das políticas de aprendizagem ao longo da vida e a permanente melhoria da qualidade dos processos e resultados de aprendizagem. A valorização da Educação é a valorização da humanidade, é a valorização da democracia”, disse.

No encerramento do debate, Frederico Rosa, candidato à presidência da Câmara Municipal do Barreiro, evidenciou a importância da qualidade e equidade da educação em toda a extensão do território do concelho do Barreiro, salientando ainda o papel que o movimento associativo e os clubes podem ter, em parceria com as escolas e as famílias, na formação dos jovens barreirenses. “É fundamental criar mecanismos de associação das escolas ao movimento associativo no Barreiro, um movimento riquíssimo, com grande implementação na cidade e que coexiste já num regime de proximidade a todas as escolas”, concluiu.

Deixe uma resposta