Tróia acolheu primeiro exercício europeu de Guardas Costeiras [FOTOGALERIA]

Local Regional Últimas B Últimas C

Cerca de 750 pessoas, de 32 organizações de 25 países europeus e do espaço Schengen, juntaram-se em Tróia para realizarem o “COASTEX 17” – primeiro exercício de treino e articulação europeu em actividades de Guardas Costeiras. A iniciativa decorreu até sexta-feira, 26, no âmbito do “European Coast Guard Functions Forum (ECGFF)”, presidido por Portugal, através da Marinha e da Autoridade Marítima Nacional.

Este foi um exercício desenhado para exercitar “Operações multi-agência multi-propósito”, reunindo assim, pela primeira vez, entidades com responsabilidades no âmbito do salvamento marítimo, controlo e fiscalização da pesca, imigração irregular, combate ao tráfico marítimo, combate à poluição do mar, entre outras.

As entidades partilharam informações, conhecimentos e meios, com vista ao aperfeiçoamento e interoperabilidade destas actividades nos respectivos países.

O COASTEX 17, apoiado pela Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira – FRONTEX, está integrado no planeamento de actividades previstas para o ano da presidência portuguesa do ECGFF, que arrancou em Setembro de 2016 e que termina em Setembro de 2017, no âmbito do qual já foram realizados três workshops sobre os temas Segurança Marítima, Controlo de Fronteiras e Controlo de Pescas, em Portugal, na Polónia e em Espanha, respectivamente.

Além das entidades que integram o ECGFF, participaram neste exercício oito instituições nacionais (Força Aérea Portuguesa, Autoridade Tributária e Aduaneira, Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, Direcção-geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, Polícia Judiciária, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Direcção-geral de Saúde e Agência Portuguesa do Ambiente).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta