Montijense de coração comemora 102 anos

José Tavares recebeu assim os parabéns da neta Mónica Domingues
Local Sociedade Últimas B

José Tavares veio trabalhar para a cidade montijense há 55 anos. No sábado apagou 102 velas

Completou a bonita idade de 102 anos no passado sábado, 27, e reside no Montijo há cinco décadas e meia. José Tavares veio de Trás-os-Montes para a cidade montijense há 55 anos, onde fixou residência e foi ganhando o sustento numa das mais carismáticas lojas locais, Branco & Irmãos Lda., loja de ferragens, madeiras, carpintaria, mecânica e todos os materiais para construção civil, que há vários anos fechou portas, na Rua João Pedro Iça. Sente-se, por isso mesmo, tão transmontano como montijense.

Hoje em dia, José Tavares vive com a filha e “já pouco sai de casa”, conta Mónica Domingues, uma das netas do aniversariante. É adepto indefectível do FC Porto e vai acompanhando a carreira futebolística dos dragões, apesar de não conseguir ver todos os jogos dos azuis e brancos “porque sofre muito”, adianta Mónica, que no dia do aniversário partilhou uma foto conjunta, carregada de ternura, com um repenicado beijo na face do vovô que celebrou 102 primaveras.

Uma das tarefas diárias que José Tavares não dispensa é a Imprensa. É um leitor assíduo. “Lê jornais todos os dias”, revela a neta, a concluir. Desta vez será surpreendido por ser notícia… no DIÁRIO DA REGIÃO.

One comment

  1. Muitos Parabéns ao velho senhor José Tavares, que conheço desde que veio trabalhar para a extinta firma Branco & Irmãos, perto da Soluz. Uma saudação às netas e à Helena, sua filha, que foi colaboradora da referida empresa Soluz, da qual fui co-fundador e sócio gerente. Um grande abraço aldeano que envolva toda a família.

Deixe uma resposta