Oito processos a embarcações de pesca em local proibido em Setúbal

Local Últimas B

A Polícia Marítima anunciou que foram elaborados oito processos de contra-ordenação a embarcações de pesca em local proibido, durante uma operação efectuada na região de Setúbal.

“O Comando-local da Polícia Marítima de Setúbal desenvolveu uma acção de fiscalização no mar, dirigida à actividade da pesca profissional e lúdica em locais proibidos, com especial incidência no Parque Natural da Arrábida e no canal de navegação de acesso do porto de Setúbal”, refere em comunicado.

Durante a operação foram fiscalizadas uma embarcação de pesca profissional e quatro embarcações de recreio, bem como nove pescadores lúdicos embarcados.

“Foram elaborados oito processos de contra-ordenação, no que diz respeito à actividade da pesca lúdica na barra, nomeadamente no canal de navegação de acesso ao porto de Setúbal”, salienta.

A Polícia Marítima adianta que pesca no canal da barra representa um perigo “não só para quem a pratica, mas também para toda a navegação de entrada e saída deste porto”.​

Deixe uma resposta