Avançado Meyong arruma chuteiras no final da época

Desporto

Meyong, avançado camaronês do Vitória, anunciou hoje, dia 12, que vai colocar um ponto final na sua carreira no final da temporada, aos 36 anos. “Há mais de 17 anos que cheguei ao Vitória. Na segunda-feira vai ser especial para mim porque vai ser o meu último jogo no Estádio do Bonfim [na derradeira jornada a equipa vai à Madeira defrontar o Nacional]”, anunciou Meyong, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Boavista, da 33.ª jornada do campeonato.

Meyong, que em Portugal representou também o Belenenses e Sporting de Braga, não esconde que se trata de uma decisão complicada. “Quando passas metade da tua vida a jogar futebol é difícil parar. Enquanto jogamos, nunca pensamos no fim, mas ele está lá. Gostava de continuar a jogar, mas tenho de ser realista e perceber que as coisas já não são como antes e o corpo está um pouco cansado”, admitiu.

Com 80 golos em 231 jogos oficiais no escalão principal português, prova em que se sagrou o melhor marcador em 2005/06, ao serviço do Belenenses (17 golos), o atacante revelou que, apesar de ainda estar por definir a função a exercer, vai continuar ao serviço do emblema sadino. “Estou muito satisfeito pela carreira que fiz. Tive momentos muito bons no Vitória e fico contente por ter ajudado este grande clube o melhor que pude. Já estou ligado ao Vitória e vou continuar”, avançou.

Lançado no futebol português aos 19 anos de idade pelo treinador Rui Águas, num Vitória de Setúbal-Rio Ave (2-0), a 04 de março de 2000, Meyong conquistou o título olímpico em Sydney2000, uma Taça de Portugal, pelo Vitória (2004/05), uma Taça Intertoto, pelo Sporting de Braga (2008/09), e, em Angola, o campeonato (2013) e a supertaça (2014) pelo Kabuscorp.

*Lusa

Deixe uma resposta