FUTSAL: S. Francisco sagra-se Campeão e carimba subida à II Nacional

Desporto B Local

A equipa sénior de futsal do Futebol Clube S. Francisco carimbou a subida à II Divisão Nacional, após um triunfo caseiro por 4-3 diante da equipa da União da Quinta do Conde, no último sábado. A equipa orientada por Aniceto Redondo assegurou a promoção a uma jornada do final do campeonato.

O S. Francisco é líder da classificação com 30 pontos, tendo somado até ao momento 10 vitórias e averbado apenas duas derrotas, sendo perseguido por Cova da Piedade e União da Quinta do Conde.

Aniceto Redondo, treinador e vice-presidente do Futebol Clube de S. Francisco deixa através do DIÁRIO DA REGIÃO uma mensagem de agradecimento, abaixo transcrita.

Uma Caminhada de todos

O feito, o mérito é de “todos” pois sábado à noite, dia 06/05/2017, escrevemos mais uma página de glória, no longo historial deste Clube.
Sentir o carinho de muitas e muitas pessoas, ao ver o Pavilhão Municipal de Alcochete completamente lotado, uma moldura humana em festa, em redor de um objectivo, foi a prova dada em como sempre acreditaram em nós e que “eles“ podiam ser o sexto jogador e dar uma ajuda, para alcançar a vitória.

Sábado à noite foi exactamente isto!
Caímos mas levantámo-nos, rezámos, rimos e chorámos.
Tivemos em certas alturas, necessidade de ser ajudados a reerguermo-nos e, lá estavam os colegas no banco e na bancada, treinadores e restantes staff com a mão esticada para ajudar.
À nossa frente, um maravilhoso público de adeptos como escudo protector, amigos e familiares, que nos apoiaram incondicionalmente porque a cada jogo em que vestimos a camisola, eles também são o Futebol Clube São Francisco.

No olhar sempre esteve em consonância o objectivo: subida à 2.ª Divisão Nacional.
Pareceu simples. Não foi!
Nunca o foi nesta nossa caminhada, em plena consciência que nunca será na vida de um atleta.

Dissemos, na última vez que nos encontrámos no balneário que o comboio só passa uma vez! Já com o comboio em andamento e a meio do percurso, foi dito, aquando do último jogo, no minuto de pausa, “vamos fazer história e deixar o nosso nome escrito na história deste clube”.
Com toda a vontade, com toda a garra, compromisso, coragem, atitude, determinação, luta e humildade, quiseram subir para o comboio, mas quiseram fazer a viagem em 1ª. classe.

Foi pedido a alguns atletas que estavam magoados e limitados fisicamente que dessem o seu contributo, um esforço em ajudar a equipa, assim, o resultado final, do esforço de todos vós e de todos Nós foi este: Campeões – Subida a 2ª Divisão Nacional. Juntos criamos vitórias.

Aniceto redondo

Deixe uma resposta