Formação presencial do Atelier Digital da Google começa esta quarta-feira no IPS

ATELIER DIGITAL DA GOOGLE. Projecto foi apresentado no Politécnico de Setúbal em Dezembro
Sociedade B

Sessão tem como tema o Marketing Digital e vai ser dada por professores da Interactive Adverstising Bureau Europe, que certifica o curso

 

O Instituto Politécnico de Setúbal recebe a partir desta quarta-feira, 19, e até sexta-feira a formação presencial do Atelier Digital da Google, projecto que visa dotar os jovens portugueses de competências digitais em várias áreas.

Os estudantes de Setúbal, do Instituto Politécnico de Leiria da Universidade de Aveiro são os primeiros no país a receber as sessões presenciais desta formação, de frequência gratuita, que já formou 15 mil portugueses desde que foi lançada, online, em Dezembro de 2016. Nos próximos meses, mais cidades irão receber estas sessões.

A formação presencial que começa no IPS, com professores da Interactive Adverstising Bureau (IAB) Europe, tem como tema o Marketing Digital e aborda tópicos como optimização para motores de pesquisa (SEO), marketing para motores de pesquisa (SEM), marketing nas redes sociais e mobile, análise de Web e Internacionalização. No final, e após testes teóricos e práticos feitos com aproveitamento, cada formando receberá um certificado.

Paralelamente às formações presenciais continuam a decorrer na Internet os cursos do Atelier Digital da Google, com 23 tópicos de aprendizagem – sobre pesquisa, email, redes sociais, redes display, vídeo, e-commerce e web analytics –, à base de tutoriais em vídeo, com exercícios e um exame final.

O projecto destina-se essencialmente a jovens até aos 30 anos, mas está aberto a qualquer pessoa, dentro e fora do mercado de trabalho, sem limite de idade e com ou sem grau académico. Através do site do Atelier Digital qualquer interessado pode registar-se e fazer a formação online à medida da sua disponibilidade, ou inscrever-se na formação presencial, sendo que ambas são gratuitas.

Desde que foi lançado online no início de Dezembro de 2016, o projecto já formou 15.019 portugueses, dando-lhes ferramentas para serem mais competitivos na economia digital.

“Os resultados dos três primeiros meses ultrapassaram as nossas melhores expectativas. A falta de competências digitais é um problema real não só em Portugal como na Europa e foi elevado a grande prioridade social e económica da União Europeia. O Atelier Digital é o contributo da Google para ajudar a resolver este problema”, afirmou Ana Ravara, porta-voz da Google para o projecto Atelier Digital em Portugal.

O projecto conta com o apoio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos e da SIC Esperança.

One comment

Deixe uma resposta