Santiago do Cacém vai receber central fotovoltaica de 10 milhões

Álvaro Beijinha, presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, visitou o local acompanhado pelos proprietários
Local Últimas B Últimas C

Mais de 45 mil painéis fotovoltaicos integram uma central que será implantada na Herdade da Casa Nova, concelho de Santiago do Cacém, num investimento previsto de cerca de 10 milhões de euros

“A União de Freguesias de São Domingos e Vale de Água continua na ordem do dia, desta vez com o anúncio da implementação de uma central fotovoltaica na Herdade da Casa Nova, com um investimento previsto de cerca de 10 milhões de euros, numa área de 25,5 hectares”, revela a Câmara Municipal de Santiago do Cacém em nota de Imprensa.

O projecto, adianta a autarquia, “está a ser desenvolvido de forma a aproveitar as excelentes condições solares da zona para a produção de energia eléctrica,” e prevê a instalação de mais de 45 mil painéis fotovoltaicos com “capacidade de gerar energia em quantidade equivalente ao consumo anual de cerca de seis mil habitantes”.

“Este projecto inovador, realizado a partir de uma parceria entre o proprietário e uma empresa de referência no mercado das energias renováveis, conta com o apoio da Câmara Municipal de Santiago de Cacém e está já aprovado junto da Direcção Geral de Energia e Geologia, com pareceres favoráveis não só da autarquia mas também da CCDR, ICNF, Agência Portuguesa do Ambiente e ARH Alentejo”, salienta o município.

Ainda de acordo com a edilidade, o projecto “prevê a ocupação de diversas pessoas na fase de construção e possibilita a constituição de novos postos de trabalho na monitorização e manutenção do parque fotovoltaico”.

One comment

  1. O grande problema nesta captação de energia solar é que a fabricação e manutenção dos painéis dificilmente recupera a energia consumida nessas operações e que foi produzida em qualquer dos outros tipos de centrais tradicionais.

Deixe uma resposta