Hospital dos Pequeninos ensinou 260 crianças a não ter medo dos médicos

Sociedade C

Iniciativa procurou familiarizar as crianças com o contexto hospitalar e permitiu a estudantes de medicina testar a sensibilidade com os mais novos

 

O Hospital dos Pequeninos, que esteve recentemente instalado em Setúbal pela primeira vez, recebeu 260 crianças que, a brincar, puderam perceber como funciona o ambiente hospitalar e ganhar confiança perante os procedimentos médicos.

O evento esteve montado na Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal e recebeu crianças dos 4 aos 10 anos acompanhadas de bonecos, ou seja, pacientes a fingir.

No percurso, que simulou os procedimentos de um hospital real desde a triagem até ao momento da alta médica, os brinquedos “fizeram TAC e radiografias, foram auscultados e medidos e receberam toda a atenção médica necessária para que recuperassem a saúde”, explicou a Câmara Municipal de Setúbal em comunicado.

O objectivo foi familiarizar as crianças com o contexto médico, contribuindo para que “reduzam os níveis de ansiedade quando se encontram na contingência de ser examinadas num centro hospitalar real”.

Em paralelo, a experiência permitiu que estudantes de medicina treinassem a sensibilidade necessária para interagir com pacientes mais novos.

A complementar esta acção, houve consultas de nutrição e um workshop onde pais e filhos tiveram a oportunidade de confeccionar comida saudável, acrescentou nota do município.

A iniciativa, organizada pela Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, contou ainda com momentos de animação, como pinturas faciais, moldagem de balões e dança.

O projecto “Hospital dos Pequeninos”, que em Portugal já conta com 15 edições, foi iniciado pela EMSA – European Medical Students Association, que é constituída por várias associações de estudantes do espaço europeu.

Deixe uma resposta