Setúbal Triathlon recebe mais de 400 atletas

Desporto B Últimas B

Prova junta natação, ciclismo e corrida num percurso superior a 100 quilómetros. Inscrições esgotaram há dois meses

 

As ruas e paisagens de Setúbal vão ser palco no próximo domingo, 9, do Setúbal Triathlon, prova de triatlo longo de natação, ciclismo e corrida, com mais de 100 quilómetros de distância, que vai colocar em competição cerca de 420 atletas.

A prova tem início às 08h00, com o segmento de natação na distância de 1,9 quilómetros cumprido num circuito de duas voltas na zona defronte do Parque Urbano de Albarquel.

Segue-se o ciclismo, num percurso de 90 quilómetros com quatro troços distribuídos entre a cidade, com passagens pelas avenidas Luísa Todi e Jaime Rebelo, assim como pelas zonas do Alto da Guerra e da Mitrena, e pela Serra da Arrábida, com ponto de retorno dos atletas programado para o Portinho.

O último desafio é a corrida com 21,1 quilómetros, num percurso com quatro voltas desenvolvido sobretudo ao longo da frente ribeirinha da cidade.

O Setúbal Triathlon é “o primeiro triatlo longo realizado na cidade”, sendo que “dá sentido a um dos objectivos preconizados em Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016”, afirma Pedro Pina, vereador do Deporto de Setúbal.

Também de acordo com Hugo Sousa, director da HMS Sports, um dos organizadores da iniciativa, esta prova apresenta um conjunto de inovações logísticas em relação a outras realizadas no país, que a aproximam mais das competições internacionais.

Essas inovações são: a existência de dois parques de transição [da natação para o ciclismo e do ciclismo para a corrida], a introdução de “apoios mecânicos” durante o percurso de ciclismo assim como mais zonas de assistência médica, e ainda a criação de um local, perto da meta, para as famílias dos triatletas.

Hugo Sousa destaca ainda as características de excelência da cidade para a realização da prova, que fizeram exceder as melhores projecções da organização: “A dois meses da prova tínhamos as inscrições esgotadas.”

As características únicas de Setúbal foram igualmente mencionadas por Vanessa Pereira, triatleta do Atlético Clube de Portugal, e por Bruno Pais, também triatleta do Estoril Praia Futebol Clube, que estiveram presentes ontem na conferência de imprensa de apresentação do evento, na casa da Baía, onde fizeram a antevisão da prova e partilharam expectativas relativamente à mesma: “Setúbal é um palco desafiante. O segmento do ciclismo é o mais duro. Conto cansar-me e, sobretudo, divertir-me numa prova que espero que seja inesquecível”, afirma a triatleta.

Já Bruno Pais, que usufrui com regularidade de Setúbal para o treino, assume igualmente a dificuldade do ciclismo. “Temos de saber gerir o esforço”, disse, revelando que espera terminar a prova “em cerca de quatro horas”.

Paralelamente à competição, o evento disponibiliza ao longo do dia, no Largo José Afonso, na Avenida Luísa Todi, zona na qual está instalada a meta, um conjunto de iniciativas para o público, como animação musical por um DJ residente e actividades desportivas.

O Setúbal Triathlon, que tem o lema de “Superação e Triunfo, a combinação perfeita de um desafio ímpar”, é organizado pela Câmara Municipal de Setúbal e pela HMS Sports.

Trânsito condicionado

A realização desta prova vai obrigar ao encerramento ou condicionamento da circulação automóvel, entre 07h00 e as 18h00, em algumas zonas da cidade.

De acordo com o comunicado enviado à imprensa, os condicionamentos são os seguintes: encerramento das ruas Amália Rodrigues, José Pereira Martins, Marques da Costa e da Herdade, assim como das avenidas José Mourinho, Luísa Todi e 22 de Dezembro, esta última apenas no troço compreendido entre as avenidas dos Combatentes e Luísa Todi; cortes de trânsito na EN 10-4, nos troços entre a Avenida Jaime Rebelo e a Estrada da Mitrena e entre a Rua Amália Rodrigues e a interseção com a EN 379-1, de acesso ao Portinho da Arrábida (neste último caso, a EN 10 e a EN 379-1 são alternativas); encerramento da EN 10-8 entre a EN 10-4 e a rotunda do Alto da Guerra (como alternativa, os automobilistas devem utilizar a EN 10, bem como a Estrada das Manteigadas); e encerramento da faixa sul da Avenida Luísa Todi no troço compreendido entre as ruas da Cordoaria e Teotónio Banha, até às 18h00.

Deixe uma resposta