Jovem de 20 anos sofre traumatismo cervical e claque do Vitória vai acusar PSP

Local Últimas Últimas C

Grupo 1910 acusa PSP de provocar queda do jovem. Polícia defende que agente foi agredido. Claque diz ter vídeo que incrimina acção policial. Ocorrência registou-se nas bancadas do Estádio do Bonfim durante a recepção ao Moreirense

Um jovem de 20 anos, pertencente ao Grupo 1910 de apoio ao Vitória, sofreu um traumatismo cervical na sequência de um puxão de um elemento da PSP, que tentava retirar um outro jovem da bancada do Estádio do Bonfim, quando se assistia ao embate dos sadinos com o Moreirense, acusa a claque. O apoiante vitoriano “foi imobilizado e conduzido de imediato para o hospital, onde esteve várias horas em observação, mas já está em casa”, revelou a claque, que já anunciou que irá participar do agente ao Ministério Público.

“Consideramos que houve um abuso policial por parte das forças de segurança que não podem intervir com contacto físico. Houve desproporção de forças e a reacção da polícia não foi a mais correcta, visto que ninguém do Grupo tinha agredido quem quer que seja. Iremos fazer valer os nossos direitos e iremos apresentar queixa contra o PSP que causou a queda do nosso membro”, disse um dos responsáveis da claque – uma das que estão legalizadas em Portugal – ao DIÁRIO DA REGIÃO, sublinhando que “não houve” em momento algum “reacção violenta de qualquer membro para que houvesse uma resposta de força como a que aconteceu”.

De acordo com a versão do Grupo 1910, tudo começou quando dois dos elementos da claque foram “abordados pela PSP” para abandonarem a bancada. “Eles não ofereceram resistência para sair e os polícias ao serem abordados por outro elemento [do grupo] decidiram partir para a agressão. O rapaz que foi para o hospital nada teve a ver [com a situação], até se encontrava de costas e foi puxado indiscriminadamente”, alega o mesmo responsável da claque sadina.

PSP diz que agente foi agredido

A PSP confirma a ocorrência, porém apresenta versão diferente. “Em Setúbal, pelas 17h00, foi detido um indivíduo do sexo masculino, com 20 anos de idade, por resistência e coacção sobre elemento policial”, começa por dizer a PSP, em comunicado de Imprensa.

“Durante a realização de um evento desportivo, na tentativa de identificação de um indivíduo que injuriou os agentes da PSP no local e consumia produto estupefaciente, o suspeito, sem que nada o fizesse prever, agrediu um dos elementos policiais que caiu nas escadas juntamente com outro indivíduo. Ambos sofreram ferimentos e necessitaram de tratamento hospitalar. O autor da agressão acabou detido no local”, pode ler-se na mesma nota emitida pela PSP.

O Grupo 1910 diz estar na posse de imagens que comprovam que o agente da PSP foi responsável pela queda do jovem. “Temos um vídeo que mostra o momento exacto em que o agente da PSP puxou o rapaz e em que este caiu para o chão. Vê-se claramente”, atirou, a concluir, um dos responsáveis da claque.

Deixe uma resposta