Barreiro: Requalificação da Rua da União vai avançar

Local Últimas B Últimas C

A Câmara Municipal do Barreiro informou que a Baía do Tejo irá proceder à execução de obras de demolição de vários edifícios no seu Parque Empresarial, designadamente na Rua da União e na Rua da CUF, Barreiro.

Esta intervenção irá provocar o condicionamento e alterações na circulação do trânsito na referida zona.

Estas obras estão incluídas na remodelação do espaço público da zona envolvente do Parque Empresarial, com a requalificação e valorização da Rua da União, bem como a remodelação geral das infraestruturas aí existentes.

Os trabalhos em causa têm como objectivo a demolição e limpeza da área de intervenção para possibilitar a implantação da obra referida.

A Baía do Tejo vai avançar com a requalificação da rua da União, num investimento de cerca de 1,2 milhões de euros que vai abranger também a zona envolvente.

A rua da União faz a ligação entre a saída do parque empresarial da Baía do Tejo e o centro do Barreiro.

Além da obra de requalificação da rua, que vai originar a demolição de alguns edifícios, vão valorizadas propriedades, como a Casa-Museu Alfredo da Silva e o antigo edifício da GNR.

Na 1ª fase de execução das obras de demolição, de 3 de Abril a, previsivelmente, 3 de Julho, existirão condicionamentos de trânsito, com a interrupção da circulação na Rua da União e na Rua da CUF, no troço compreendido entre a rotunda do Largo Alexandre Herculano até ao ginásio Kangaroo.

A circulação dos veículos nesta zona será feita através dos percursos alternativos, devidamente sinalizados, nas vias adjacentes, designadamente dentro do Parque Empresarial da Baía do Tejo.

Também se vai registar a interrupção da circulação de veículos no acesso do Lavradio ao centro do Barreiro, pelo interior do Parque Empresarial da Baía do Tejo (excepto transportes públicos e clientes do Parque Empresarial).

Petição para preservar edifício de antigo posto médico da CUF

O grupo de cidadãos “Em defesa do Posto Médico da CUF” do Barreiro lançou uma petição para garantir a manutenção do edifício do serviço de saúde, que está em risco de ser demolido neste processo.

“Esta petição tem por objectivo mobilizar e unir vontades no sentido da defesa e preservação do Posto Médico da CUF, edifício inaugurado em 18 de Abril de 1943 na sequência da fundação da Caixa de Previdência do Pessoal da Companhia União Fabril (CUF) e Empresas Associadas em 1940, em detrimento do projecto actual e das obras em curso promovidas pelo parque empresarial da Baía do Tejo, que prevêem a sua demolição”, refere a petição.

 

Deixe uma resposta