Repsol apoia 18 instituições com um total de 57 mil euros [com ÁUDIO]

Empresas Local Últimas C

Dezoito entidades, desportivas, sociais e humanitárias, do concelho de Santiago do Cacém vão receber 57 mil euros, no total, no âmbito dos protocolos de colaboração rubricados com a Câmara Municipal e a Repsol Polímeros. A cerimónia decorreu esta quinta-feira, 23, na sala de sessões da autarquia. A verba ultrapassa em nove mil euros o total atribuído no ano passado.

O presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, realçou a decisão da Repsol em “voltar a aumentar o valor do protocolo com as colectividades do município”, situação que, vincou, “permitiu incluir, pela primeira vez, os Bombeiros de Santiago e de Santo André”. O autarca destacou assim a “responsabilidade social evidenciada” pela empresa.

Já o diretor do Complexo de Sines da Repsol Polímeros, Joaquín Garcia-Estañ, enalteceu “o bom desempenho e o esforço que as associações dedicam no quotidiano”, salientando que estas “representam mais-valias para a sociedade, nas diferentes freguesias”. Ao mesmo tempo, o responsável confirmou que a intenção da Repsol é “continuar”com estes apoios.

Este slideshow necessita de JavaScript.

As colectividades que assinaram os protocolos foram as seguintes: Estrela de Santo André, Juventude Atlético Clube, Hockey Club de Santiago, AJAGATO, União Sport Club, Instituto das Comunidades Educativas, Quadricultura, Sociedade Recreativa Filarmónica União Artística, Kotas Bike Team, Academia Sénior de Artes e Saberes (ASAS), Associação Cultural de Santiago do Cacém, Sociedade Harmonia, Grupo à Cante Alentejano Vozes Além’Tejo, Centro Cultural de Santo André, Grupo Motard de Santo André, Associação de Moradores da Zona de Brescos, Associação Humanitária de Bombeiros Mistos de Santiago do Cacém e Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Santo André.

  1. 1.
    20170323 Álvaro Beijinha - Protocolo Repsol
    3:21
  2. 2.
    20170323 Joaquín García-Estañ - Protocolo Repsol
    1:51

 

Deixe uma resposta