Turismo cresceu 38% em Palmela com mais hóspedes nacionais e espanhóis

Local B Sociedade C

“A Marca Palmela é cada vez mais uma referência de qualidade”, afirma Luís Calha, vereador do Turismo da Câmara Municipal, perante os números do turismo em 2016

 

Os resultados do turismo no concelho de Palmela cresceram 38% durante o ano de 2016, de acordo com dados publicados pela Entidade Regional de Turismo de Lisboa, informou a Câmara Municipal de Palmela em comunicado.

“Palmela recebeu um total de 73.113 dormidas (52.843 em 2015), das quais 42.301 correspondem a turistas estrangeiros, representando um aumento de 34%, e 30.812 a turistas nacionais, que crescem 45%”, lê-se em nota de imprensa.

Face ao ano de 2015, o mercado espanhol foi o que mais aumentou, com uma variação de 125%, mas os turistas franceses (+ 57%) também mostraram muito interesse em visitar Palmela em 2016. O TOP5 das nacionalidades que mais procuraram o concelho é composto pela Alemanha (+ 34%), Espanha, França, Reino Unido e Holanda.

De sublinhar que a procura turística em Palmela se manifestou ao longo dos doze meses do ano, “de forma sólida e sustentada”.

“O sucesso destes resultados significa que o trabalho efectuado é positivo. Contudo, o nosso foco principal é que estes resultados continuem no futuro. É nesse objectivo que estamos a trabalhar com grande empenho”, afirmou Luís Calha, vereador do Turismo da autarquia palmelense, em exclusivo ao DIÁRIO DA REGIÃO.

A campanha Palmela Conquista, que promove a divulgação de uma oferta integrada de produtos locais de qualidade – como vinhos, Queijo de Azeitão DOP, fruta, mel, doçaria e gastronomia –, o património cultural e a beleza natural da região que partilha a Arrábida, candidata a Reserva da Biosfera da UNESCO, e o rio Sado são alguns dos trunfos de Palmela na atracção do turismo.

O enoturismo, o turismo cultural, desportivo e de natureza continuam também “a desenvolver-se em expressão e qualidade da oferta”, nota o município. No calendário de eventos do concelho destacam-se o Festival Queijo, Pão e Vinho, a Mostra de Vinhos de Fernando Pó, o Mercado Caramelo, as Festas Populares de Pinhal Novo, o Festival Internacional de Gigantes, o Palmela Wine Jazz, a Festa das Vindimas, o Ritual Almenara e a Feira Medieval.

“O turismo reinventa-se todos os dias e a dinâmica do município e dos seus agentes do turismo está em perfeita sintonia com essa realidade. A Marca Palmela é cada vez mais uma referência de qualidade”, reforçou Luís Calha.

 

 

Palmela promove-se no mercado espanhol

Palmela vai promover-se como destino turístico junto do mercado espanhol na B-Travel, em Barcelona, entre 21 e 23 de Abril, e na Expovacaciones, em Bilbao, entre 5 e 7 de Maio.

O concelho vai apresentar “as suas paisagens e riquíssimo património natural e cultural, os produtos turísticos e oferta hoteleira, a gastronomia e vinhos, o enoturismo e o desporto de natureza, bem como um vasto calendário de eventos a realizar este ano”, revelou o município.

Palmela marcou também presença na Sevatur, que decorreu em San Sebastian de 17 a 19 de Março, e na Bolsa de Turismo de Lisboa, que terminou domingo.

 

Deixe uma resposta